Notícias

14/08/2015Bahia

Seminários reúnem parceiros da FASE na Bahia em favor da agricultura familiar

Nos eventos, realizados no Baixo Sul e no Vale do Jiquiriça, foram socializados os principais conteúdos a serem trabalhados pelo programa da FASE na Bahia até o início de 2018


Paulo Demeter, coordenador da FASE na Bahia, apresenta o projeto em um dos seminário. (Foto:FASE/Bahia)
Paulo Demeter, coordenador da FASE na Bahia, apresenta o projeto. (Foto:FASE/Bahia)

As famílias agricultoras nos territórios baianos Baixo Sul e Vale do Jiquiriçá vivem em um contexto de injustiça e negação de direitos. É a agricultura familiar que possibilita a produção diversificada de alimentos na região, mesmo estando cercada de constrangimentos em termos de acesso à terra, crédito, oportunidades de comercialização de sua produção, dentre outros. Para fortalecer a luta em favor da soberania alimentar e de uma melhor qualidade de vida com sustentabilidade para este importante segmento da população regional, o programa da FASE na Bahia tem trabalhado pelo “Fortalecimento da capacidade de geração de renda e da integração socioeconômica de agricultores familiares”, com ações apoiadas pela União Europeia.

Exposição sobre Projeto UE - PTN - 29 07 15
Seminário em Presidente Tancredo Neves. (Foto: FASE/Bahia)
Grupo de Mulheres - alimentação - Mutuípe - 28 07 15
Grupo de Mulheres forneceu alimentação saudável no evento de Mutuípe. (Foto: FASE Bahia)
Participantes - Mutuípe 28 07 15
Participantes em Mutuípe. (Foto: FASE/Bahia)

A fim de colocar o tema em pauta, a FASE organizou dois seminários territoriais. Famílias agricultoras e entidades parceiras da FASE de Mutuípe, Ubaíra, Jiquiriçá e São Miguel das Matas participaram do evento realizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Agricultura Familiar (SINTRAF), em Mutuípe, no dia 28 de julho. Já representantes de entidades parceiras do Baixo Sul, vindas de Teolândia, Presidente Tancredo Neves e Valença, participaram do evento do dia 29, na Câmara de Vereadores de Presidente Tancredo Neves.

Na ocasião, onde se apresentaram os principais conteúdos a serem trabalhados pelo programa da FASE  na Bahia até o início de 2018, foram socializados panfletos e estandartes elaborados,  expondo o projeto apoiado pela União Europeia¹. Além disso, destacou-se que as políticas públicas são entendidas como ferramentas indispensáveis ao acesso e usufruto de direitos. Por isso, os presentes falaram sobre os desafios para que se avance na comercialização via Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), mercados institucionais de interesse da agricultura familiar.

Articulações territoriais

foto_seminário_fase bahia
Evento em Presidente Tancredo Neves. (FASE/Bahia)

No evento de Mutuípe, registram-se, entre outras, as presenças dos Secretários Municipais de Agricultura de Lage e o de Ubaíra, que dialogaram sobre políticas públicas de interesse da Agricultura Familiar. Já a Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (FETRAF Bahia) e o Polo Sindical da Região de Amargosa realçaram a importância da parceira destas entidades sindicais com a FASE, para fortalecer lutas pela garantia e pela defesa de direitos.

Em Presidente Tancredo Neves, verificou-se a participação do SEBRAE, com quem o programa da FASE na Bahia pretende reforçar parcerias no que se refere à qualificação das associações comunitárias para ampliar acesso a canais de comercialização. A Secretaria de Agricultura de Valença, a Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia e a Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves também participaram e se colocaram disponíveis para ações conjuntas relacionadas ao fortalecimento da agricultura familiar no Baixo Sul. “Nos seminários, apresentamos o que estamos construindo. Buscamos ainda trocar impressões e fortalecer articulações para que possamos avançar mais em favor da agricultura familiar”, relatou Paulo Demeter, coordenador da FASE na Bahia.

União Europeia_editada [1] O conteúdo deste artigo é de responsabilidade exclusiva da FASE, não podendo, em caso algum, considerar que reflita a posição da União Europeia.

Enviando sua mensagem