Notícias

24/10/2012Bahia

Agricultura familiar ganha destaque com feira

Projeto da FASE Bahia que multiplica conhecimento sobre agroecologia é apresentado


A FASE participa, de 21 a 27 de outubro, da Exposição Estadual da Agricultura Familiar (Expoagrifam), em Feira de Santana (BA), destacando-se em dois momentos: num seminário sobre o papel da agricultura familiar no desenvolvimento territorial, e outro apresentando a experiência dos Agentes Multiplicadores de Assistência Técnica e Extensão Rural (AMAS).

Na segunda-feira (22), a Presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Maria Emília Lisboa Pacheco, fala no seminário “O papel da Agricultura Familiar na promoção do desenvolvimento territorial e na soberania, e segurança alimentar”. Além de Maria Emília, que é coordenadora do Programa Nacional Direito à Segurança Alimentar, Agroecologia e Economia Solidária da FASE , membros da equipe da FASE Bahia participam de palestras e estarão todos os dias em dois dos 70 stands em exposição, mostrando produtos da agricultura familiar de grupos assessorados pela entidade.

Na sexta-feira (26), serão apresentadas experiências do Projeto de Inclusão Social de Jovens e Mulheres AMAs – Agentes Multiplicadores de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), com a presença do técnico agropecuário Nadilton Andrade e duas jovens participantes. Neste projeto, cada jovem e mulher que se capacita deve orientar 15 famílias de agricultores em relação a, primeiramente, política e cidadania, e também técnicas de plantio e adubação agroecológicos. A exposição vai tratar dos resultados obtidos pela FASE nas regiões do Baixo Sul e do Vale do Jiquiriçá.

A primeira oficina realizada pela FASE Bahia no projeto AMAS foi em 2008. De lá pra cá foram formados 244 jovens e mulheres multiplicadores espalhados por 42 municípios. O resultado é que cerca de quatro mil famílias se beneficiaram do processo desdobrado pela FASE Bahia em parceria com diversas instituições. A intensa participação levou muitos jovens e mulheres a se envolverem em processos políticos para fortalecer a agricultura familiar se tornando presidentes de associações, organizações e sindicatos.

Esta é a primeira exposição de agricultura familiar do norte e nordeste do país. É também a primeira edição do Festival de Cultura das regiões. Está sendo promovido e organizado pela Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Fetraf) da Bahia, Fetraf nacional, e pelo Fórum Baiano da Agricultura Familiar. De acordo com a coordenadora da Fetraf Brasil, Elisangela Araújo, a Expoagrifam se consolida como um espaço para debater e dar visibilidade à agricultura familiar. “Cerca de 70% do que se consome de alimento na Brasil é produzido pela agricultura familiar e a Bahia é o estado com maior número de agricultores familiares do Brasil”.

A presença de 100 caravanas e 180 expositores pode chegar a mobilizar dez mil pessoas, segundo ela.

 

 

Enviando sua mensagem