Notícias

03/08/2006Bahia

Diga não ao eucalipto, diga sim à vida

Várias entidades e lideranças dos movimentos do sul da Bahia se encontrarão no próximo dia 4 de agosto para discutirem a problemática do eucalipto na região


Diversas entidades e lideranças dos movimentos do sul da Bahia se encontrarão no próximo dia 4 de agosto para discutirem a problemática do eucalipto na região. O encontro será realizado no salão paroquial da Igreja Santa Rita de Cássia, no Bairro São Caetano (Av Juarez Távora, s/n).

Essa mobilização em torno da questão do deserto verde na Bahia já começa a dar frutos: as entidades já prepararam um primeiro número do Boletim Alerta, que servirá como ponto de partida para a conscientização da população a respeito desse sério problema.

O MST- Regional Sul, CPT/Itabuna, CIMI/Itabuna, FASE/Bahia, CETA, CEAS, MPA, Juventude Camponesa, MNU, Povos Indígenas Tupinambá de Olivença, Pataxó Hã-Hã-Hãe, Escola Agrícola Margarida Alves/Ilhéus, STR Santa Luzia, ARES/ Camacan, Pastorais Sociais da Diocese de Itabuna assinam o Boletim que convoca “toda população regional a não se deixar enganar pela euforia e a falsa idéia de geração de emprego e desenvolvimento, porque, na verdade, em todo lugar onde se implantou o eucalipto comercialmente se presencia destruição e miséria, e claro, muito lucro para as multinacionais que o bancam.”

Clique aqui para ler o Boletim Alerta, nº 1 – Agosto/2006.

 

Enviando sua mensagem