Notícias

06/07/2020BahiaMato GrossoSegurança Alimentar

FASE e Fundação Banco do Brasil fecham parceria na Bahia e em Mato Grosso

A parceria tem como objetivo distribuir alimentos produzidos por agricultores familiares durante a pandemia


A FASE foi uma das organizações selecionadas pela Fundação Banco do Brasil (FBB) para realizar a ação emergencial de compra e distribuição de alimentos para a população em situação de vulnerabilidade social nos estados do Mato Grosso (MT) e da Bahia (BA). No centro-oeste, a parceria disponibilizou recursos para a entrega de duas cestas básicas a 1.014 famílias da região de Cáceres e Baixada Cuiabana. No Nordeste, 600 famílias da região do Baixo Sul baiano receberam a ajuda emergencial em ação realizada pela Rede Agroecologica do Baixo Sul, da qual a FASE é parte. Além dos que receberam as cestas, 218 famílias agricultoras foram beneficiadas com a compra de sua produção, além dos mercados locais. No total, foram disponibilizados R$ 375 mil em recursos.

Entrega de cestas no Mato Grosso

“Este trabalho está dentro do projeto de ações da FASE em todo Brasil, que é o de procurar apoio para as famílias em situação vulnerabilidade social e aos agricultores familiares que tiveram a sua capacidade de distribuição da produção bastante prejudicada”, diz a educadora da FASE do MT, Francielle Paula de Castro. Para Leonel Wohlfahrt, também educador da FASE no estado, a ação de entrega de alimentos da agricultura familiar deixou a equipe muito tranquila em termos do que isso significa para uma organização como a FASE. “As pessoas estavam precisando ter acesso a esse tipo de alimento, elas estavam passando fome”. As cestas foram compostas por farinha de mandioca, tubérculos, frutas, hortaliças e biscoitos enriquecidos com a farinha de babaçu e pequi, comprados diretamente da agricultura familiar, além de produções específicas locais produzidas por mulheres da região pantaneira. Arroz e feijão são comprados nos mercados locais, assim como os itens de higiene.

Entrega de cestas na Bahia

O primeiro trabalho em parceria com a FBB em Mato Grosso ocorreu entre 2014 e 2017, quando a FASE foi contemplada em edital EcoForte, que tinha como objetivo o fortalecimento da rota de comercialização das redes de agroecologia. Os recursos do edital foram destinados a compras de máquinas e equipamentos para a estruturação de unidades de processamento e beneficiamento da produção, além dos diversos encontros para troca de experiência e desenvolvimento da rede. Na Bahia, os projetos vinculados ao Ecoforte estão em vigência no período de 2019 a 2021.

“A gente vem fortalecer o que chamamos Caminhos da Agroecologia (de rota de comercialização), que envolve vários municípios e organizações, todas integrantes do Grupo de Intercâmbio em Agroecologia. O destino das cestas serão os asilos, a Casa da Criança, as comunidades indígenas e outras famílias mapeadas em nosso trabalho”, explica Fátima Moura, coordenadora da FASE no Mato Grosso. A coordenadora da FASE na Bahia, Rosélia Melo, também menciona o papel de fortalecimento das redes da agricultura familiar agroecológica na região. “Essa ação só vem fortalecer nosso trabalho e potencializar ainda mais a promoção de direito e a educação popular”, comenta.

 

 

 

Enviando sua mensagem