Notícias

21/08/2014Fase

Fase lamenta morte da socióloga Regina Rocha

Missa em homenagem a ela, uma referência em educação popular, acontece hoje (21) no Rio


Regina Rocha, que tanto se dedicou ao fortalecimento da educação popular, morreu no último sábado (16). Durante sua trajetória, colaborou com várias organizações cariocas. Nos últimos anos, já doente, voltou para Minas Gerais, de onde partiu deixando saudade e boas lembranças.

A FASE lamenta sua perda e presta solidariedade aos familiares, amigos e companheiros de trabalho. Uma missa em homenagem à socióloga está marcada para esta quinta-feira (21), às 18h, na Igreja Nossa Senhora do Rosário (Rua General Ribeiro da Costa, Leme), no Rio de Janeiro.

Regina colaborou para a criação da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (ABONG) e sempre trabalhou, ao lado de muitos companheiros, inclusive da FASE, para a construção e a consolidação da democracia brasileira e de uma sociedade justa e igualitária.

Ela integrou a equipe da Nova Pesquisa e Assessoria em Educação desde os anos 70. Era formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre pela Université Catholique de Louvain-Bélgica e pós-graduada pela École Pratique de Hautes Études, Sorbonne, Paris.

Regina atuou junto a jovens e entidades vinculadas a movimentos sociais. Também trabalhou com grupos de educadores de escolas públicas e equipes de programas governamentais e não governamentais. Na última década, foi co-organizadora de publicações editadas pela Nova Pesquisa e Assessoria em Educação: “Onde estão os nossos sonhos?” (2002), “Sexualidade na Adolescência e Escola” (2008) e “Educação e Juventudes: construindo cidadania” (2010).

Enviando sua mensagem