Notícias

13/04/2017Amazonia

Fórum Social Panamazônico: um novo modelo de civilização é possível?

Guilherme Carvallho, do programa da FASE na Amazônia, destaca em entrevista de rádio alguns dos objetivos do VIII Fórum Social Panamazônico, que será realizado no Peru


Comunidades tradicionais, povos indígenas, organizações e movimentos sociais de nove países da América Latina irão se encontrar no VIII Fórum Social Panamazônico,  que acontece entre os dias 28 de abril e 1 de maio na cidade peruana Tarapoto. Povos do Brasil, Equador, Venezuela, Bolívia, Colômbia, Peru, Suriname, Guiana e Guiana Francesa pretendem fazer uma discussão profunda sobre um novo modelo de civilização.

De acordo com os organizadores, o encontro é estratégico para conter o avanço do impacto socioambiental causado pelos megaprojetos e fortalecer as experiências de respeito à natureza e valorização da cultura popular. A série de reportagens de rádio “Fórum Social Panamazônico – Um olhar do Brasil”, realizada pela agência informativa Pulsar Brasil, reuniu diferentes vozes sobre os temas que envolvem a vida, a identidade e os problemas enfrentados na Amazônia. 

Guilherme Carvalho, coordenador da FASE na Amazônia e integrante do Comitê Internacional do Fórum, destaca que a defesa do Bem Viver ganhará destaque no encontro. “O Brasil está atrasado no debate”, pontua. “Esse é um tema que vai para além do debate do modelo de desenvolvimento. É uma crítica do modelo civilizatório, o que nos tira de um debate estritamente econômico”, explica.

Ouça aqui a reportagem da agência Pulsar Brasil. 

Enviando sua mensagem