Notícias

01/02/2018Fundo Dema

Fundo Dema prorroga prazo de edital “Bem Viver e a Defesa dos Bens Comuns”

Prazo para envio das propostas se estende até o dia 15 de fevereiro. O objetivo do edital é fortalecer comunidades na luta contra o avanço da destruição provocada pela implantação de grandes projetos ligados à mineração, à infraestrutura e ao agronegócio


O Fundo Dema torna pública a prorrogação do Edital “Bem Viver e a Defesa dos Bens Comuns”, a fim de proporcionar às comunidades e suas organizações mais tempo para a elaboração das propostas e a organização da documentação necessária. Assim sendo, o prazo para envio das propostas se estende até o dia 15 de fevereiro, sem possibilidade de nova prorrogação. A reunião de apreciação das propostas ocorrerá nos dias 22 e 23 de fevereiro, e a divulgação dos resultados se dará até o final do referido mês.

Diante das ameaças aos Bens Comuns incididos fortemente sobre a região do Baixo Amazonas, no Oeste do Pará, provocando injustiças socioambientais, destruição do território e violação dos direitos de povos indígenas e comunidades tradicionais ali existentes, a parceria entre a FASE/Fundo Dema e a Fundação Ford tem como objetivo fortalecer as comunidades locais de forma a lutar contra o avanço da destruição provocada pela implantação de grandes projetos ligados à mineração, à infraestrutura e ao agronegócio. Desta forma, o edital específico volta-se ao apoio de iniciativas coletivas que incluam um conjunto de ações de comunidades e movimentos sociais voltados para formação, comunicação e de fortalecimento econômico, sobretudo nos municípios de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos.

O recurso será destinado ao apoio propostas com o teto máximo de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) cada e que estejam voltados à formação e articulação de lideranças sindicais e populares; a ações estratégicas para atuar no enfrentamento às ameaças dos grandes projetos; articulação e mobilização em defesa dos territórios de unidades de conservação; planos de uso, acordos de pesca, incidência na esfera pública; articulação de Casas Familiares Rurais e rádios comunitárias; fortalecimento da comercialização de produtos com base na agroecologia. As propostas devem seguir o regulamento disposto no edital, bem como o Roteiro de Elaboração de Projetos do Fundo Dema. E devem ser encaminhadas de duas formas, tanto por e-mail quanto pelos Correios.

Acesse aqui o Edital.

Acesse aqui o Roteiro de Elaboração de Projetos.

Enviando sua mensagem