Notícias

21/07/2015Fase

Morre aos 75 anos o companheiro Antônio Vieira Santos

A FASE, onde Antônio trabalhou por cerca de duas décadas, presta solidariedade aos familiares e aos amigos desse companheiro de luta


antonio vieira _credito carlos matos
Antônio Vieira. (Foto: Calos Matos/arquivo)

Antônio Vieira Santos morreu na noite dessa segunda-feira (20), no Recife (PE), aos 75 anos. Ainda jovem se envolveu na luta dos camponeses pernambucanos por acesso à terra. Trabalhou ao lado de Dom Helder Câmara, enfrentou a ditadura, foi preso e torturado. Nunca desistiu da luta contra as desigualdades sociais, sendo uma referência no campo da Educação Popular.

Foi militante da Ação Popular (AP) e do Movimento de Educação de Base (MEB). Nos anos 70, continuou sua trajetória trabalhando na FASE. Nessa época, saiu do Nordeste e seguiu para a Amazônia, atuando em Santarém, no Pará, e na capital do Amazonas, Manaus. Antônio desenvolveu um método de trabalho de base que marcou a história do sindicalismo combativo da região, o que ficou registrado no filme “Lamparina”.

Por toda sua vida, Antônio esteve ao lado dos movimentos populares. “Guardo como marca principal o seu compromisso até a morte com a classe oprimida pela qual doou todo seu talento”, destaca o amigo e companheiro de jornada Ranulfo Peloso. Ele também destaca “o potencial artístico colocado a serviço da luta popular”. “Poeta, cantor, comunicador, teatrólogo, diretor de filme, pintor (guache, óleo, bico de pena), escultor… sempre trabalhando no mais-que-perfeito. Foi um grande mestre, com a dignidade e capacidade de um grande dirigente”, completou.

Em nota, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) também lamentou a partida de Antônio, destacando que ele foi um atuante defensor da Reforma Agrária: “Teremos muita saudades do Vieira, mas também muito orgulho de ter o privilégio de sua amizade e sabedoria. Longa vida ao camarada Vieira. O teremos sempre em nossos corações e espírito”.

A FASE sente orgulho de ser parte da trajetória de luta de Antônio Vieira Santos e se solidariza com seus amigos, familiares e companheiros de luta. Seu trabalho e sua força sempre estarão na lembrança dos conviveram com ele e seus ensinamentos com certeza continuarão inspirando novas gerações.

Leia as mensagens de Matheus Otterloo, do Fundo Dema e do programa da FASE na Amazônia, e de Jean Pierre Leroy, do Grupo Nacional de Assessoria da FASE, em memória de Antônio Vieira Santos.

E assista ao documentário “Lamparina”:

Enviando sua mensagem