Notícias

12/08/2021Amazonia

Plataforma virtual visibiliza processos de luta de comunidades da região Pan-Amazônica

No Brasil, um dos estudos de caso apresentados no site é o do Assentamento Agroextrativista (PAE) Lago Grande, no Pará


Com o objetivo de divulgar processos de luta e resistência dos povos da região Pan-Amazônica, essa semana foi lançada a Plataforma de Aprendizagem Todos os Olhos na Amazônia. Nela, é possível encontrar notícias, vídeos e podcasts que contam sobre os modos de vida das comunidades, além de aprofundar nos estudos de casos de mobilizações em defesa da cultura e do território diante da ganância dos empresários. Um desses casos de resistência é sobre o Assentamento Agroextrativista (PAE) Lago Grande, no Pará.

Esta é uma oportunidade para visibilizar as lutas a partir das próprias comunidades, com a sua história sendo contada por quem vive no território e a sua visão de mundo”, comenta Sara Pereira, educadora do programa da FASE na Amazônia. Sara participou do evento de lançamento da plataforma e comentou sobre a importância da união entre movimentos sociais, igreja e a sociedade civil. “Nossos processos de luta só serão vitoriosos com uma articulação global”, pontuou. 

Além do PAE, a plataforma também visibiliza outros estudos de caso no Brasil, o do povo indígena Karipuna (RO) e do povo indígena Guajajara, no Maranhão. Com apoio de parceiros e muitas denúncias, conseguiu reduzir em 62% o desmatamento ilegal no seu território. Também há casos do Equador e da Amazônia peruana.

Enviando sua mensagem