Notícias

07/03/2006Mulheres

Vigília Nacional pelo fim da violência contra a mulher marcará o 8 de Março

Como todos os anos, a Fase ajuda a divulgar, organizar ou participar de várias manifestações e comemorações pelo Brasil afora no Dia Internacional da Mulher


Como todos os anos, a Fase ajuda a divulgar, organizar ou participar de várias manifestações e comemorações pelo Brasil afora no Dia Internacional da Mulher. Este ano, particularmente a presença da Fase nos Fóruns de Mulheres nos estados possibilitou diversas formas de participação na Vigília Nacional pelo fim da violência contra a mulher.

Depois da I Vigília pelo Fim da Violência contra as Mulheres, que aconteceu em Pernambuco, no final de janeiro, várias organizações de mulheres de 25 estados do país, ligadas à Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB), estão se mobilizando para uma ofensiva nacional de denúncia e atos públicos nas capitais, dentro das manifestações da semana do 8 de Março – Dia Internacional da Mulher. Em alguns estados, a vigília ocorrerá por toda a noite de hoje, dia 7, terminando no dia 8. Em outros, estão programadas vigílias para o dia 9, chegando a um total de 22 vigílias.

Além da Vigília, a Fase estará divulgando, organizando ou participando de outras formas de manifestação ou eventos comemorativos: na Bahia, por exemplo, a FASE foi convidada pela para apresentar uma Oficina sobre Políticas Públicas, como parte do evento comemorativo do Dia Internacional de Luta da Mulher organizado pela ACAPEB – Associação Cultural Antonio Carlos Barbosa junto com a RACAASUL – Rede de Associações Comunitárias de Assentados e Não Assentados do Sul da Bahia para acontecer no Projeto de Assentamento Santa Irene (município de Gongogi).

Programação de alguns estados:

No Rio, a CAMTRA (Casa da Mulher Trabalhadora) convoca para distribuição de rosas na Central do Brasil (Gare) às 6h, e no Centro Comercial do Saara às 9h (Rua da Alfândega esquina com Avenida Passos). Haverá também a Passeata organizada por um coletivo de entidades feministas (AMB/Regional Sul, Fórum Estadual de Mulheres Negras, Fundo Ângela Borba,Rede Feminista de Saúde Regional Rio, Rede Jovens Brasil, Rio Mulher, Subsecretaria Adjuntade Políticas para as Mulheres e feministas autônomas) A Passeata Unificada 8 de Março “Contra todas as formas de violência”, com concentração às 16h, na Candelária até a Cinelândia.

No Pará, o Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense se associa aos demais 23 Fóruns de outros estados e programa suas atividades de comemoração do dia 8 de março com enfoque sobre a questão da violência contra a mulher e as meninas. A programação dos eventos no Pará conta também na organização com a Marcha das Mulheres/PA, a Rede Feminista de Saúde e o MAMA/PA começará com uma Vigília no dia 7 de março, às 18h na praça da Leitura – São Braz, no dia 8 haverá uma caminhada, com proposta de ocupação da Secretaria da Defesa que trata da política de Segurança Pública. No restante do mês, até o dia 26, o Fórum vai realizar outras atividades como um Seminário para debater as políticas voltadas para as mulheres e uma avaliação do Conselho Estadual de Direitos da Mulher, oficinas, shows e programas de rádio.

Em Pernambuco a Vigília acontecerá hoje, dia 07, com concentração às 16h na Praça da Independência e seguirá em caminhada para a Praça do Palácio do Campo das Princesas (Palácio do Governo). A marcha ocorrerá amanhã (08/03) às 14h saindo da sede da FETAPE também em direção ao palácio do Campo das Princesas. O Fórum de Mulheres de Pernambuco se juntou a esta programação organizada pela FETAPE, Sindicato dos trabalhadores Rurais e CUT. A Fase Pernambuco junto com o FERU – Fórum de Reforma Urbana, preparou e contribuiu com a organização da participação de cerca de 250 mulheres de movimentos que compõem o FERU, como a ARCCA – Articulação Comunitária da Caxangá, Central dos Movimentos Populares e Movimento dos Trabalhadores Sem Teto. A organização deste processo se deu através do Grupo de trabalho Gênero, Raça e Reforma Urbana do FERU e pela Articulação de Mulheres da ARCCA (uma articulação de cerca de 50 organizações populares assessoradas mais diretamente pela Fase).

Em São Paulo a concentração será na Av. Paulista (Vão do MASP) às 14 horas para uma Caminhada da Consolação até a Praça Ramos de Azevedo.

Enviando sua mensagem