Vídeos

ES: Quilombolas se organizam no combate à Covid-19


Vitor Taveira¹

O Espírito Santo está entre os nove estados brasileiros que já registraram casos da Covid-19 nos territórios quilombolas, segundo registro do último boletim epidemiológico da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq). No Brasil, já foram registrados ao menos 21 óbitos de quilombolas entre o Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Pará, Pernambuto e Rio de Janeiro. Apesar de não haver mortes por coronavírus registradas nos territórios quilombolas capixabas, o sinal é de alerta e preocupação com a chegada da doença e também com as consequências que as mudanças decorrentes do isolamento social provocam para as comunidades.

Questões como essas foram discutidas numa roda de conversa ao vivo transmitida na página da Campanha Nem Um Poço a Mais, no YouTube. Numa parceria entre o programa da FASE no Espírito Santo, a Coordenação Estadual de Comunidades Quilombolas Zacimba Gaba e a Conaq, lideranças de diversas comunidades e das entidades conversam sobre “Territórios em tempos de Covid-19: quilombolas do Espírito Santo”.

Os convidados são Kátia Penha, da comunidade de Divino Espírito Santo, em São Mateus; Arilson Ventura, de Monte Alegre em Cachoeiro de Itapemirim, e; outras lideranças das comunidades de Conceição da Barra: Luzinete Serafim Blandino (São Domingos), Gessi Cassiano (Linharinho), Domingos Firmiano, o Chapoca (Angelim-DISA), Josineia Serafim Blandino (São Domingos) e João Batista (Angelim I), além de Selma Dealdina, da Conaq.

[1] Texto publicado originalmente no Século Diário.

 

Enviando sua mensagem