Notícias

22/10/2020Justiça Ambiental

Projetações espalham mensagem #Agroéfogo pelo país

A Articulação dos Biomas Amazônia, Cerrado e Pantanal iniciou uma série de projetações em diversas cidades. A ação visa denunciar o responsável pelas queimadas no país: o Agronegócio


Projeção no prédio no Ministério do Meio Ambiente.

No dia 14 de outubro, Dia Nacional da Pecuária, a Articulação dos Biomas Amazônia, Cerrado e Pantanal¹, iniciaram uma série de projetações da tag #AgroÉFogo em paredes de diversas capitais como São Paulo (SP), Belém (PA), Cuiabá (MT), Recife (PE), Salvador (BA) e Brasília (DF). A ação tem o objetivo de denunciar o responsável pelas queimadas no país: o Agronegócio. 

Projeção em Cuiabá.

A projetação reforça ainda a denuncia de que o “agro é fogo, é grilagem, é envenenamento das fontes de água, é quem expulsa os povos e comunidades do campo, das águas e das florestas. O agro é morte”, com explicita a Nota Pública assinada por mais de 90 movimentos e organizações da sociedade civil. O documento apresenta cinco pontos que unificam as denúncias e resgatam a memória e a sabedoria ancestral dos povos e comunidades tradicionais.

[1] A FASE integra a articulação.

Enviando sua mensagem