Paula Schitine *

As oficinas foram conduzidas por Zelice Maria Pessoa, da VP Nutrição e beneficiaram 54 pessoas nas três comunidades e oficinas tiveram como objetivo principal levar o debate para as comunidades sobre Segurança Alimentar e Nutricional.  O foco foi abordar o tema da alimentação adequada e saudável utilizando alimentos da biodiversidade local.

Além do aspecto da nutrição e saúde através de alimentos ofertados pela natureza (Panc) e aproveitando integralmente os alimentos dos quintais ou roças, fazendo assim o resgate dos hábitos alimentares através da elaboração de receitas, utilizando alimentos que estão presentes nos quintais, mas que não são mais utilizados na alimentação convencional das famílias.

“O diferencial desta oficina é que, além da conversa com os participantes sobre o tema, constatamos na prática, através de preparações com taioba, Chaya, língua de vaca, coração da banana e demais, que uma alimentação com esses produtos é de fácil preparo e pode ser utilizada na rotina alimentar diária, é rica nutricionalmente e saborosa.”, destaca Zelice.

Durante as oficinas foi discutido a importância da produção de alimentos saudáveis e variados para o consumo familiar, ressaltando que além da redução dos custos com a aquisição de alimentos em mercado convencional, a produção de alimentos para o autoconsumo assegura uma alimentação diversificada e nutritiva livre de veneno, em quantidade e qualidade suficientes para favorecer a autonomia das famílias, garantindo Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional.

“A receptividade dos participantes foi muito boa, um misto de curiosidade e de resgate de saberes antepassados. Durante o preparo, todos fizeram questão de participar e foram trazendo memórias afetivas do uso desses alimentos na família. E isso é muito importante e especial. pois a Segurança Alimentar e Nutricional além do aspecto biológicos, ambiental, social e econômica, tem um olhar profundo para a ancestralidade e a cultura alimentar de cada comunidade”, explica a nutricionista.

*Paula Schitine é jornalista da comunicação da FASE.