Notícias

23/06/2006Amazonia

Água para quem tem sede de vida e justiça: desafio na Amazônia

Região norte se mobiliza intensamente para defender o direito ao recurso natural mais importante para a vida


A fim de fazer uma crítica ao projeto de privatização da água que vem gerando conflitos na América do Sul e que tem intenções de entrar forte no Brasil, a região norte se mobiliza intensamente para defender o direito ao recurso natural mais importante para a vida. No Pará, a Fase, em parceria com a CNBB, Rede Faor, Cepepo e Caritas, lança a cartilha informativa “Água para quem tem sede de vida e justiça” e um vídeo com o mesmo nome.

O livreto traz textos e ilustrações que trazem informações essenciais para se entender por que a água deve ser tratada como um direito humano, e jamais como uma mercadoria. O vídeo apresenta a problemática da água no contexto da Amazônia.

Já que a finalidade do material é didática, a linguagem utilizada no livreto é simples e fácil de entender. Começa mostrando a importância da água para a humanidade, seja na hidratação, na irrigação, lazer, pesca, medicina, navegação, indústria etc. Fala do significado da água para certas populações indígenas, que a consideram sagrada.

O livreto também aborda as bacias hidrográficas, principalmente a Bacia Amazônica, onde estão dois terços da água doce no Brasil e um quinto da água doce do mundo (se levarmos em conta que a bacia se espalha a países vizinhos). Além disso, toca no assunto do regime de chuvas e o potencial de reposição da água no planeta.

Este é um debate muito em voga atualmente, pois as empresas privadas que tentam controlar várias fontes de água do mundo espalham a idéia de que a água vai acabar e que haverá guerras. Usam este argumento para dizer que é melhor privatizar de uma vez, para que os preços de mercado controlem o acesso ao bem fundamental. O livreto explica que o regime de chuvas repõe, pois sempre repôs, água para consumo de todos. Porém, é preciso que se pare de poluir rios, nascentes e ribeirões.

Mais adiante, o livreto comenta certos fatos mais específicos envolvendo o problema água no mundo de hoje. Entram aí a Política Nacional de Recursos Hídricos, os Comitês de Bacias Hidrográficas e os problemas relativos ao saneamento. “Água para quem tem sede de vida e justiça” é uma publicação que vai mobilizar o norte do país em favor da preservação de um dos recursos mais importantes para a vida humana.

Enviando sua mensagem