Notícias

27/06/2017Segurança Alimentar

Lançado o documentário “Seu churrasco tem soja?”

A partir da soja, o documentário levanta questões como os impactos causados nas populações locais e no meio ambiente por conta da demanda mundial por carne


O documentário “Seu churrasco tem soja?”, produzido por Thomas Bauer, da Comissão Pastoral da Terra (CPT) na Bahia, contou com o apoio da CPT, Welthaus Graz e da Campanha Nacional em Defesa do Cerrado. Hoje, a produção de soja domina dois terços das terras férteis do mundo e o Brasil é um dos maiores exportadores. “O filme nasceu da necessidade de mostrar uma realidade muitas vezes desconhecida. Neste caso, principalmente na região onde a soja avança desenfreadamente, contribuindo para que o Brasil hoje seja campeão em uso de agrotóxicos e deixando um rastro de destruição”, afirma Thomas.

Cerrado devastado no Mato Grosso. (Foto: Thomas Bauer / CPT)

A partir da soja – produto base na produção de carne bovina, suína, aves e outras, através da ração utilizada nesses criatórios – o vídeo levanta questões como os impactos causados nas populações locais e no meio ambiente por conta da demanda mundial por carne. Dona Valdiva Oliveira, 60 anos, era acampada há anos quando foi expulsa, principalmente, pelo agrotóxico. Hoje, assentada no estado do Mato Grosso, ela enfatiza que é necessário uma mudança de hábitos nesse sentido, senão “nosso futuro não será bom”. “O veneno polui tudo, polui o ar, a terra, as águas, o subsolo e os corpos humanos também”, afirma ela, que é uma das entrevistadas no filme.

Também são debatidos no documentário os reflexos da monocultura da soja no estado do Mato Grosso do Sul e em Rondônia, realidades que se assemelham com a de Goiás, onde o vídeo foi lançado. “A soja não é um produto que integra socialmente, mas sim um produto socialmente excludente. Porque neste meio de produção [agronegócio] apenas aqueles que possuem bastante capital podem existir. São poucos grupos de investidores. A soja não é um produto para o pequeno agricultor, isso é claro”, aborda no filme, o professor Martin Coy, da Universidade de Innsbruck, na Áustria. “Mas quais são as consequências do boom da soja onde ela é cultivada? O que significa para as populações locais o avanço do chamado ‘ouro verde?’”, esses e outros questionamentos são levantados no documentário.

“Sem churrasco tem soja?” está disponível no site da Comissão Pastoral da Terra e da Campanha Nacional em Defesa do Cerrado

Enviando sua mensagem