Notícias

01/03/2021Fase

Morre Sérgio Góes de Paula, um dos mais antigos associados da FASE

Economista e sanitarista lutava contra um câncer de pâncreas . Na FASE, atuou promovendo parcerias com a FINEP e o INAN


Créditos: UNIRIO

A FASE perdeu um dos seus mais antigos associados, Sérgio Góes de Paula, que faleceu no dia 15 de fevereiro, aos 75 anos, após luta prolongada com um câncer de pâncreas com metástase no fígado. Sérgio Góes era economista e sanitarista. Em 1969, depois do AI-5 e como parte do chamado “Massacre de Manguinhos”, foi demitido da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

Sérgio iria ser Professor Assistente na PUC do Rio. E no início de 1974 foi contratado como Economista da FINEP, sendo sua primeira missão participar da elaboração do II PBDCT (Plano Básico de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) do país”. Com uma destacada trajetória na Fiocruz, Góes atuou na Presidência, na Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) na Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) e no Fórum Itaboraí (Fiocruz Petrópolis).

No período em que atuou na Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Sérgio Góes contribuiu para a promoção do trabalho de pesquisa da FASE, apoiando a parceria da FASE com a FINEP e o INAN (Instituto Nacional de Alimentação e Nutrição) para a realização de pesquisas sobre o campesinato em áreas de fronteira na Amazônia e no Maranhão. Essas pesquisas propiciaram a constituição do grupo de assessoria nacional da FASE. Como parte da sua presença ativa na sociedade civil brasileira, Sérgio Góes de Paula foi também presidente do Instituto de Estudos da Região (SER).

Enviando sua mensagem