Notícias

19/03/2021Justiça Ambiental

“Semana das águas” homenageia guardiãs e guardiões das águas

Animação produzida pela FASE, em parceria com 13 redes e movimentos, será lançada na "Semana das Águas", em comemoração ao Dia Mundial das Águas (22). Veja a programação


Os diversos modos de vida dos povos e comunidades brasileiras, além de testemunharem a grande riqueza cultural do País, também colaboram cotidianamente para a proteção dos nossos bens comuns. A preservação de nascentes d’água, sementes crioulas, solos ricos em minérios, rios, mares e manguezais faz parte do dia a dia de territórios coletivos espalhados Brasil adentro. Esses locais e suas gentes são protagonistas na perpetuação de maneiras de viver conectadas com o ambiente e são, por isso, essenciais para o equilíbrio da vida na Terra.

Por essa razão, a “Semana das Águas: Aulas públicas e homenagens às lutas em defesa do nosso bem comum” acontece entre os dias 22 e 26 de março com o intuito de ser um espaço de gratidão e reconhecimento dessas pessoas e territórios. Povos e comunidades indígenas, quilombolas e tradicionais; pescadores e pescadoras, marisqueiras, caiçaras, ribeirinhos; agricultoras e agricultores familiares e agroecológicos; assim como lutas urbanas por saneamento básico e por água como direito de todas as pessoas.

Para chegar mais longe, o evento conta com várias mãos. Portanto, é uma realização Fase com as parcerias: Uma Gota do Oceano, Diálogos & Convergências Águas, Rede Brasileira de Justiça Ambiental, Campanha Nacional em Defesa do Cerrado, Comitê Nacional em Defesa dos Territórios Frente à Mineração, Articulação Antinuclear Brasileira, Campanha Nem Um Poço a Mais, Observatório dos Direitos à Água e ao Saneamento (Ondas), Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Social (FMCJS), Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (FBSSAN), Água para os Povos, Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) e Escola d’Água Santarém.

Animação traz debate para salas de aula

A menina dos olhos da programação é o lançamento da animação “O Que É Água?”, na segunda-feira, 22. Feito em aquarela animada, o vídeo é um material de educação popular pensado especialmente para trazer para as salas de aula ao redor do País uma reflexão sobre o papel de diversos atores coletivos para a proteção das águas.

“Para nós, o Dia Mundial da Água é uma data de celebração a modos de vida cuja relação com esse bem comum protege nosso futuro. O curta O Que É Água? nasce dessa perspectiva e tem por objetivo levar esse debate para rodas de conversa e salas de aula”, pontua Maiana Maia, assessora da FASE e responsável pela concepção da animação.

Aulas públicas

As aulas públicas começam na manhã da segunda-feira, 22, com a pré-estreia de “O Que É Água?” em escolas públicas de Campos de Goytacazes, Rio de Janeiro. Com o tema “Segurança hídrica e os desafios da juventude frente às mudanças climáticas e a pandemia Covid-19”, as salas de aula do Colégio Estadual Nilo Peçanha e do Colégio Estadual Alcebíades Schwartz serão as primeiras a utilizar o vídeo como ferramenta pedagógica. Somente na tarde do mesmo dia, ele será lançado em cerimônia oficial. De terça à sexta, as aulas públicas virtuais continuam. Embora tenham formatos e temas variados, todas fazem uso do vídeo.

Sobre a importância de ferramentas pedagógicas como o curta, o arte-educador e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia, Fernando Leão comenta: “Quando pensamos nos usos didáticos da linguagem artística, estamos falando de recursos que dinamizam a imaginação. E é a imaginação que nos permite criar mundos que ainda não existem. É ela que nos convida a antever o ‘inédito inevitável’, de que fala Paulo Freire”.

Serviço:

O que: Semana das Águas | Aulas públicas e homenagens às lutas em defesa do nosso bem comum

Quem é convidada: Pessoas e coletivos envolvidos nas lutas populares em defesa das águas como um bem comum, educadores/as populares, professores de escola pública, professores/as universitários, mídia especializada em educação

Quando: 22 a 26 de março, segunda à sexta, horários variados.

Onde: A transmissão ao vivo acontece via Youtube da FASE. Confira os links na programação abaixo.

Programação

22|03, 10h – ÁGUA NAS ESCOLAS | DIA MUNDIAL DA ÁGUA: SEGURANÇA HÍDRICA E OS DESAFIOS DA JUVENTUDE FRENTE ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS E A PANDEMIA COVID-19. Mediadoras: Samira Vidal, professora do Colégio Estadual Alcebíades Schwartz, e Alessandra Bichara, professora do Colégio Estadual Nilo Peçanha. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

22|03, 15H – AOS GUARDIÕES E GUARDIÃS DAS ÁGUAS, COM AMOR| LANÇAMENTO DA ANIMAÇÃO O QUE É ÁGUA E CERIMÔNIA DE AGRADECIMENTO A POVOS E COMUNIDADES DEFENSORAS DAS ÁGUAS. Mediadoras: Maiana Maia e Sara Pereira, FASE. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui

24|03, 10h – ÁGUAS LIVRES DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL. Mediadora: Bianca Dieile da Silva, pesquisadora na Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Aruoca.  Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

24|03, 19h30 – A LUTA PELA ÁGUA COMO UM COMUM NO RIO DE JANEIRO. Mediadora: Carol Rodrigues, educadora da FASE do Rio de Janeiro. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

25|03, 10h – CERRADO EM FOCO: TRABALHANDO A GEOPOLÍTICA DAS ÁGUAS NAS SALAS DE AULA. Mediador: Valney Dias Riognato, doutor em Geografia pela Universidade Federal de Goiás, e professor do Curso de Geografia da Universidade Federal do Oeste da Bahia. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

25|03, 17h – DEFESA DA ÁGUA COMO BEM COMUM PARA O ENFRENTAMENTO DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS EM TEMPOS DE PANDEMIA. Mediador: Aercio Barbosa, educador da FASE do Rio de Janeiro. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

25|03, 19h20 – CRIAÇÃO E ENSINO-APRENDIZAGEM EM ARTES: ÁGUA E JUSTIÇA AMBIENTAL. Mediador: Fernando Leão, arte-educador do Núcleo TRAMAS da Universidade Federal do Ceará e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

26|03, 15h – NÃO SOU EU NEM VOCÊ, É A TERRA: ÁGUA QUE NOS PERMITE VIVER. Mediadora: Zica Pires, mulher preta quilombola, de Santa Rosa dos Pretos, Maranhão, pedagoga, ilustradora, educadora popular, coordenadora do coletivo jovem Agentes Agroflorestais Quilombolas. Inscreva-se para a transmissão ao vivo aqui.

 

Enviando sua mensagem