Notícias

11/04/2016Segurança Alimentar

Solidariedade a Aristides e à Contag

FASE reafirma o pedido da Contag para que as instituições públicas se coloquem contrárias às ameaças que possam por em risco a democracia


Grito da Terra em Brasília. (Foto: Radar Sindical/Reprod.)
Grito da Terra em Brasília. (Foto: Radar Sindical/Reprod.)

A FASE – Solidariedade e Educação repudia os ataques sofridos pelo secretário de Finanças e Administração da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides Santos. Após defender publicamente a Reforma Agrária, no Palácio do Planalto, ele recebeu manifestações de intolerância. Casos como esse estão cada vez mais frequentes diante de uma polarização no país que gera ódio e não uma política transformadora.

Aristides criticou o governo federal quanto à timidez das medidas aprovadas para a Reforma Agrária, uma demanda histórica de organizações e movimentos sociais que defendem e constroem a agricultura familiar no país. Deixou claro que o desrespeito às pessoas e às instituições públicas pode levar a reações que, certamente, acabarão por dificultar e impedir uma saída democrática para a atual crise política e institucional. A FASE concorda com essa avaliação e acredita que é preciso defender o Estado Democrático de Direito.

A FASE reafirma, ainda, o pedido da Contag sobre as instituições públicas, pedindo que essas tenham serenidade e se coloquem contrárias às ameaças que possam por em risco a atual democracia, que tanto precisa ser aprofundada no país. É importante ressaltar que a disputa política pode ser frutífera quando é feita sem que ocorram violações à Constituição Federal.

Enviando sua mensagem