Em novembro, o programa Café Regional falou sobre a construção de um complexo turístico na Praia de Pontas de Pedras, em Santarém. Assim, no dia seis foi feito um debate sobre a urbanização, poluição e privatização das praias na regiãoReginaldo Pinto, mestre Processos Construtivos e Saneamento Urbano;  Yuri Rodrigues, educador FASE Amazônia e membro do grupo Direito à cidade de Santarém; Sheila Sousa, da Federação das Associações de Moradores, Comunidades e Entidades do Assentamento Agroextrativista Eixo Forte e Sebastião Pereira, da comunidade Santa Maria, participaram da mesa.

Já no dia 13, o bate-papo foi sobre o período de defeso dos peixes, que começa no próximo dia 15. Trata-se de um período de pauta na atividade pesqueira, respeitando a natureza e dando tempo para que os animais possam se reproduzir sem interferências da mão do homem. Manoel Pinheiro, diretor de organização social e meio ambiente da colônia de pescadores Z-20; Áurea Ribeiro, coordenadora do grupo de base na Pérola do Mar e Rennan Rocha, do Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), foram os convidados da semana para falar sobre esse momento.  

Falando em meio ambiente, chegou ao fim no último dia 12 a 26° edição da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, a COP26. Diante disso, Maureen Santos, coordenadora do Grupo Nacional de Assessoria(GNA) da FASE faz um balanço dos resultados do evento desse ano, uma das mais importantes da história. A pesquisadora Camila Moreno, do Grupo Carta de Belém, parceiro da FASE também cedeu uma entrevista para o programa no dia 20, assim como Toya Manchineri, articulador da área de territórios e recursos naturais da Coordenadoria das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (COICA) e  Wal Munduruku, representante do povo do Baixo Tapajós, que falaram sobre a participação indígena e de setores das minorias nesta edição do evento, a mais importante de todas.

Dados do  Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais(INPE) apontam que, entre agosto de 2020 e julho de 2021, foi desmatada uma área de 13.235 km² na região da Amazônia Legal. Diante disso, no dia 27 o programa tratou do poder destruidor do grande capital que financia a devastação nesses territórios e o impacto na vida dos povos tradicionais. Participaram da mesa Carlos Nobre, climatologista e Dário Kopenawa, da Terra Indígena(T.I) Ianomâmi.

O Café Regional é uma iniciativa da FASE em parceria com a Rádio Rural de Santarém (PA) – 710 AM e que tem o apoio do Greenpeace.  O programa vai ao ar todos os sábados, a partir das 08h05 da manhã, mas todos os episódios ficam disponíveis aqui no nosso site.