O Fórum de Juventudes do Rio de Janeiro (FJRJ) está com inscrições abertas para a “Oficina dos Crias – Cultura, Resistência e Luta por Direitos”¹ até o final de janeiro. Serão três encontros durante os meses de fevereiro, março e abril. As oficinas serão facilitadas por convidadas e convidados ligados a temas como direito à educação, saúde e a vida nas periferias e favelas do Rio de Janeiro.

São 20 vagas destinadas a jovens entre 18 a 29 anos, preferencialmente residentes de áreas periféricas e faveladas. O Fórum incentiva a inscrição de pessoas negras, LGBT’s, mulheres e outras minorias políticas. Serão disponibilizados apoios de transporte e alimentação para as pessoas selecionadas.

[ Acesse a página de inscrição]

“Além de muita troca, produziremos resistência com múltiplas ferramentas como a cultura, lazer, comunicação e tecnologia!”, destaca a chamada do Fórum para a iniciativa, que conta com o apoio do Fundo SAAP, da FASE. Em entrevista ao programa de rádio do Brasil de Fato, Rayssa Pereira, integrante do FJRJ, falou sobre principais desafios apresentados às juventudes que vivem nas favelas do Rio e também explicou com detalhes a proposta da “Oficina dos Crias – Cultura, Resistência e Luta por Direitos”.

Confira a entrevista!

[1] Com informações do Fórum e do Brasil de Fato.