Alcindo Batista¹

Nesta segunda-feira (31), acontece a live de encerramento do projeto “Telas em Rede: Conectando Juventudes e Ancestralidades no Baixo Tapajós”. A transmissão pelo canal do Festival de Cinema das Periferias no Instagram, é uma oportunidade para troca de experiências em audiovisual no ano de 2021. O objetivo do projeto é potencializar as vozes das periferias da Amazônia com vídeos e filmes. O evento será às 19h30, com mediação de Priscila Tapajowara, co-coordenadora do coletivo Mídia Índia

A FASE apoia a iniciativa — realizada a partir do projeto Telas em Movimento — e faz parte de nossas ações junto à juventude nos territórios de atuação. Para Yuri Rodrigues, educador da FASE Amazônia, “vivemos em um mundo interligado pelas novas tecnologias, e entender essas ferramentas como estratégicas para visibilizar as narrativas dos povos e comunidades da Amazônia é algo fundamental”. Yuri também é produtor executivo da Dzawi Filmes, uma das três produtoras audiovisuais envolvidas com o projeto.

Em 2021 foram produzidos seis filmes contrapondo narrativas hegemônicas, todos abordando temáticas como a valorização dos territórios, exaltando belezas naturais, mobilizações locais e boas práticas como o reflorestamento e o turismo de base comunitária. As gravações aconteceram na Aldeia Vista Alegre do Capixauã, na Reserva Extrativista (Resex) Tapajós-Arapiuns, e na comunidade de Vila Brasil, no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Lago Grande. Um detalhe importante: tudo feito com telefones celulares. 

Além disso, duas produções criadas ao longo dessas vivências foram selecionadas e exibidas na última edição do Festival de Cinema Latino-Americano de Alter do Chão, realizada em novembro do ano passado. O curta “O Mistério da Mangueira”, dirigido por Juci Bentes, e o filme “Turismo no PAE Lago Grande”, dirigido por Ricardo Aires, que disputaram vaga com outras tantas produções nacionais de periferia. 

Vale destacar que todos os demais vídeos são divulgados na mostra virtual #TelasEmRede , no Instagram do projeto e também no canal do YouTube. 

SERVIÇO

Live: Telas em Rede: Conectando juventudes, ancestralidades e lutas no Baixo Tapajós

Mediação: Priscila Tapajowara

Participação:  Darlon Neres (PAE Lago Grande) e Jucinalva Bentes (Resex Tapajós/Arapiuns)

Data: 31 de janeiro

Horário: 19h30

Transmissão ao vivo pelo instagram do Telas em Movimento: @telas_emmovimento

Para acessar todos os filmes produzidos nesta edição do Festival de Cinema das Periferias e Comunidades Tradicionais da Amazônia: https://www.youtube.com/c/TelasemMovimento

[1] Estagiário, sob supervisão de Cláudio Nogueira