Notícias

23/03/2021Amazonia

Café Regional: nas ondas da Amazônia 16

Em fevereiro, o Café Regional falou sobre iniciativas que apoiaram famílias impactadas pelo trajeto da ferrovia Carajá, homenageou Dorothy Steng, missionária defensora dos direitos humanos brutalmente assassinada em 2005 e continuou na cobertura da covid, mostrando ela impacta é ainda as mulheres


No segundo mês do ano, o Café Regional falou sobre exemplos de resistência diante do avanço do agronegócio e da mineração, e fez uma homenagem à saudosa irmã Dorothy Stang, morta em fevereiro de 2005. Além disso, continuou falando sobre a pandemia, do surgimento de uma nova variante do vírus em Manaus, a P1, e como as mulheres foram as principais vítimas da pandemia, por conta da enorme desigualdade social e de gênero no país. 

 

Iniciativas que apoiam comunidades no Maranhão,  que tiveram seus direitos violados por conta de grandes projetos econômicos de alto impacto ambiental, foram o tema da edição do dia 06. Para falar sobre o recomeço da vida para as famílias impactadas por violações aos direitos humanos nesses locais, participaram Idayane Ferreira, comunicadora da ONG Justiça nos Trilhos, Alzeneide Rocha, do assentamento Francisco Romão em Açailândia e Anacleta Pires, do território quilombola Santa Rosa dos Pretos, em Itapecuru Mirim. 

 

O alto número de mortos e infectados pela Covid não para de crescer. Com a descoberta da variante P1 em Manaus, a situação ficou ainda mais grave, saturando o Sistema de Saúde e, mais precisamente, os profissionais que estão atuando na linha de frente conta o vírus. Com isso, no dia 13,  Gracivane Moura, presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Santarém, no Pará, e Rui Harayama, professor do Instituto de Saúde Coletiva de Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) foram entrevistados para falar sobre a situação da saúde na região. 

 

Em fevereiro, completamos seis anos sem irmã Dorothy Stang, brutalmente assassinada por defender os direitos dos  povos indígenas e das comunidades tradicionais. Assim, Felício Pontes, Procurador Regional da República, que conviveu com a missionária por muito tempo, Graça Costa, presidente do Fundo DEMA e Alcidema Coelho, do Comitê Dorothy Stang,  participaram do programa com o seu depoimento e homenagear à militante no dia 20. 

 

Fechando o mês, o Café Regional debateu o modo como as mulheres foram as mais impactadas pela pandemia do coronavírus por conta do machismo na nossa sociedade. Com isso, no dia 27 foram entrevistadas Leunise Oliveira, neuropsicóloga, Diane Castro, coordenadora da Fundação Pará Paz e Carmem Foro, secretária-geral da Central Única dos Trabalhadores. 

O Café Regional é uma iniciativa da FASE em parceira com a Rádio Rural de Santarém (PA) – 710 AM e tem o apoio do Greenpeace.  O programa vai ao ar todos os sábados, a partir das 08h05 da manhã, mas todos os episódios ficam disponíveis aqui no nosso site.

Enviando sua mensagem