Notícias

17/04/2017SAAP

Edital “Mais vida, menos petróleo”: Resultado

Veja os aspectos analisados e pontuados e a lista com o resultado final


O principal objetivo do edital é fortalecer e reconhecer como sujeitos políticos os grupos populares, formais e informais, em conflito com o complexo petroleiro no Espírito Santo para que, cada vez mais, ampliem as suas capacidades de agir, gerar transformações e ampliar suas relações e articulações. Portanto, a comissão de seleção buscou apoiar apenas iniciativas de organizações que expressassem claramente o conflito em que se inseriam e sua relação com o conteúdo dos eixos apresentados no edital e definissem objetivamente que forma estariam defendendo territórios ameaçados e violados, no campo, no mar e nas cidades.

Apenas 20 projetos participaram da seleção onde quatro não atingiram 50% de aproveitamento em suas pontuações, e por isso não foram aprovados. As propostas dos coletivos que não concluíram suas inscrições (formulário e projeto), como divulgado no edital, também foram desclassificados. Frente a baixa demanda, além das categorias “aprovados” e “não aprovados” foi possível criar terceira categoria definida como “Condicionados a Esclarecimentos”. Os projetos classificados nesta terceira categoria precisarão responder sobre algumas questões levantadas pela comissão para obter a resposta final.

Após a apuração dos projetos classificados na categoria “Talvez”, será apurado o saldo final dos recursos reservados para o edital e será feita uma nova chamada para que os recursos destinados ao a esse objetivo sejam integralmente aplicados.

Veja os aspectos analisados e pontuados em cada projeto e a lista com o resultado final

 

 

Enviando sua mensagem