Vídeos

Primeira Pessoa: Rud Rafael


O assistente social Rudrigo Rafael, educador do programa da FASE em Pernambuco, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e professor universitário, contou um pouco da sua trajetória de luta por direitos ao programa Diário de Pernambuco. 

Mais conhecido como Rud, ele falou sobre o início de sua militância. “Na época, discutíamos sobre direitos humanos e queria entender como essa dinâmica dos direitos humanos se materializava”, explicou. Para ele, essa foi uma experiência que desmistificou a ideia de que, no Brasil, quem trabalha tem casa. Durante sua atuação no Comitê Popular da Copa¹, Rud viu de perto a dor e a resistência das pessoas que foram removidas de suas casas em nome do megaevento esportivo. A partir daí, entrou para o MTST. “As pessoas que são sem teto no Brasil são as que mais trabalham, as que mais lutam e ao mesmo tempo são as que mais tem seus direitos violados […] O Brasil precisa se conhecer mais, olhar mais para o lado”.

Para Rud, a história das ocupações tem relação direta com a história dos quilombos. Uma história de resistência. “A cidade existe porque existe resistência. É isso que de alguma forma me faz levantar e dormir todos os dias cheio de coisas na cabeça, mas também feliz porque a gente consegue dar um passo de cada vez – às vezes, vários passos de uma só vez”. 

[1] Do qual a FASE fez parte no Rio de Janeiro e em Pernambuco. 

Enviando sua mensagem