Revista Cidades em Crise

Esta publicação tenta dar conta de algumas iniciativas criadas no âmbito da Articulação Recife de Luta, do qual a FASE em Pernambuco é parte, visando fortalecer os territórios populares e exigindo respostas institucionais às questões evidenciadas pela pandemia. Essas iniciativas abriram caminhos para questionar escolhas políticas e desenhar novos arranjos sociais para um Recife com mais justiça social e solidariedade.

“Só a solidariedade nos salvará”

Em artigo, Rud Rafael, educador do programa da FASE em Pernambuco e coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), diz que só as ações de solidariedade – na forma de cuidado, direitos e políticas públicas – serão eficazes no combate à pandemia

“Direitos em Construção Permanente”

O filme contou com apoio do programa da FASE em Pernambuco

Trilhas da Democracia: Debate sobre a Reforma da Previdência

Nesse programa Trilhas da Democracia, que foi ao ar na TV Pernambuco no dia 8 de abril, o historiador e professor Marco Mondaini mediou um debate sobre a Reforma da Previdência, com os seguintes convidados: Cláudio Ferreira, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/PE, e Cícera Nunes, presidenta da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Fetape)

Trilhas da Democracia – Entrevista com Tânia Bacelar

No Trilhas da Democracia, que foi ao ar na TVPE, em 01 de abril de 2019, o historiador e professor Marco Mondaini entrevistou a economista e socióloga Tânia Bacelar sobre os Impactos do Neoliberalismo na sociedade brasileira.

Trilhas da Democracia – Entrevista com Emir Sader

No Trilhas da Democracia, que foi ao ar na TVPE, em 25 de março de 2019, o historiador e professor Marco Mondaini entrevistou o sociólogo e cientista político Emir Sader sobre a conjuntura política nacional e internacional.

Trilhas da Democracia: governo Bolsonaro em debate

As expectativas em relação ao governo de Jair Bolsonaro com o foco nos impactos sociais e ambientais do desenvolvimento é o tema deste Trilhas da Democracia. O historiador e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Marco Mondaini recebe para o debate a doutora em Geografia e professora do Departamento de Ciências Geográficas da UFPE, Ana Cristina Fernandes, e o doutor em Desenvolvimento Urbano e diretor executivo da FASE, Evanildo Barbosa.

A luta urbana por seus protagonistas: Direito à cidade, direito nas cidades

O livro “A luta urbana por seus protagonistas: Direito à Cidade, Direito nas Cidades”, editado pela FASE, compartilha percepções e expectativas sobre o ativismo popular urbano no Brasil, especialmente a partir do Rio de Janeiro, Pernambuco e Pará. Foi elaborado junto a parceiros (movimentos, coletivos e organizações) para “olhar ações, práticas e narrativas” de sujeitos populares da atualidade. Trata-se de um levantamento participativo que contou com o apoio da Fundação Rosa Luxemburgo e buscou integrar conhecimentos e aprendizados das lutas políticas de diferentes territórios, em diálogo com parceiros da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), da Universidade Federal do Pará (UFPA), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A publicação reúne 34 textos em cinco seções: metodologia; contexto panorâmico e visões exploratórias; atores, práticas e gramáticas; tensões e aprendizados; e elas por elas.

Primeira Pessoa: Rud Rafael

O educador do programa da FASE em Pernambuco Rudrigo Rafael, mais conhecido como Rud, contou um pouco da sua trajetória de luta por direitos ao programa Diário de Pernambuco.

Luta de mulheres indígenas

Laís Eduarda, do Coletivo Pelas Mulheres Indígenas – ThydêWá, conta que o Intercâmbio na Aldeia Pankararu, em Pernambuco, reuniu mulheres de oito povos. A iniciativa foi apoiada pelo Fundo SAAP, da FASE.

Mulheres Guerreiras da Palha do Arroz

Desde 2016, 20 mulheres estão diretamente envolvidas na realização de ações de agricultura urbana na comunidade de Palha do Arroz, no Recife (PE). No vídeo” Mulheres Guerreiras da Palha do Arroz”, elas mesmas contam como começou a ação na comunidade, uma realização do Centro Sabiá, com apoio da CESE e parceria com o programa da FASE em Pernambuco e a Marcha Mundial das Mulheres (MMM).

Seminário Nacional

“A luta popular urbana e os desafios da construção do bem viver e do direito à cidade”, esse foi o tema do seminário organizador pelo Grupo Nacional de Assessoria da FASE e o programa da FASE em Pernambuco, em 2016. O encontro reuniu militantes e representantes de diversos movimentos sociais do país que lutam pelo direito à cidade.

Limpando a Área

O vídeo “Limpando a Área” apresenta a situação das famílias removidas do Loteamento São Francisco para construção da Arena Pernambuco, no contexto da Copa do Mundo. A produção faz parte da pesquisa “Uma Arena para Pernambuco: impactos e avaliações de promotores, vizinhos, beneficiados, atingidos”, realizada pelo Grupo de Pesquisa sobre Família, Gênero e Sexualidade (FAGES/UFPE). Evanildo Barbosa da Silva, diretor da FASE, é um dos entrevistados no filme.

Suape: promessas não cumpridas

Artigo de Heitor Scalambrini Costa, do Fórum Suape, sobre o empreendimento em Pernambuco

Horta comunitária é ampliada através de parceria entre FASE e Articulação Recife de Luta

Comunidade Caranguejo Tabaiares, na Zona Oeste do Recife, teve sua horta comunitária ampliada com objetivo de intensificar a luta pelo direito à cidade 

FASE se solidariza com as famílias do MTST em greve de fome no Recife

Manifestantes se acorrentam na prefeitura para defender o direito à moradia

“Julho das Pretas”: mês tem ações antirracistas em Pernambuco

Para Rosimere Nery, educadora do programa da FASE em Pernambuco, apoiar e participar dessas atividades é compromisso da FASE na luta contra o racismo

FASE realiza encontro sobre direito à cidade em Pernambuco

No seminário “Plantar resistências territoriais, colher políticas públicas e coletivizar a produção da cidade” foi lançada a publicação “Reinventar Cidades em Crise”

O drama dos trabalhadores desprezados de Suape

Em 2014, a cidade do Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana do Recife, assistiu à segunda maior desmobilização de trabalhadores da história do Brasil, com o desligamento de 42 mil funcionários, segundo o Governo de Pernambuco. Desses, 42% são pessoas de fora do Estado, que enxergaram na região uma espécie de Eldorado nordestina, onde lhes fora prometida, além de emprego com carteira assinada, a possibilidade de ocupar uma das áreas mais prósperas do país. Hoje (2018), no lugar da terra prometida, profissionais desempregados reuniram empréstimos e esforços para ocuparem uma série de comunidades no entorno do Complexo Industrial de Suape. Em uma delas, batizada de Sítio Areal, uma contagem informal estima a presença de cerca de mil pessoas. Desempregados e sem recursos, eles avançaram para o interior do Parque Armando Holanda Cavalcanti, área de preservação no Cabo de Santo Agostinho, que, segundo sua administração, é de propriedade de Suape. Leia a reportagem de Marília Parente para o site Leia Já.

Audiência Pública debate estratégias de enfrentamento à pandemia com jovens de Pernambuco

No encontro realizado pela FASE e Comissão de Cidadania e Direitos Humanos participação popular (CCDHPP), foram colocados em debate propostas de políticas públicas para a juventude que reinvidicam trabalho, saúde e renda.