Notícias

16/12/2011Espírito Santo

No Espírito Santo, parceiros se reuniram em festa

Foi com uma festa que a FASE ES comemorou história “construída na luta pelos direitos”


Participaram da celebração cerca de 50 pessoas, representando parceiros da entidade no estado como membros da Articulação Capixaba de Agroecologia, Rede Alerta contra o Deserto Verde, quilombolas, estudantes, professores da UFES e outros. Também ex-técnicos estiveram na comemoração.

O vídeo “Retoma”, que está sendo elaborado pela equipe da FASE ES sobre a retomada de terras nas comunidades quilombolas de Angelim e São Domingos, teve sua primeira exibição na festa em comemoração aos 50 anos da FASE Nacional.

História

No Espírito Santo, a FASE tem uma longa trajetória de contribuição com as lutas travadas pela sociedade civil capixaba. Nos anos 70 e 80 atuou na luta pela moradia, na região metropolitana de Vitória, contribuindo com a construção de associações de moradores e movimentos sociais urbanos, e com a formação das oposições sindicais, no campo e na cidade. A partir dos 90, a FASE ES contribui com a resistência contra a expansão inconseqüente dos grandes projetos. No final dos 90, e a partir da primeira década do XXI, a FASE ES está diretamente envolvida nas principais lutas territoriais capixabas contra a monocultura do eucalipto, em defesa da Reforma Agrária e da demarcação/titulação dos territórios dos povos tradicionais indígenas e quilombolas, bem como em defesa dos direitos de carvoeiros, camponeses e afetados pelo modelo regional de desenvolvimento.

Para os próximos 50 anos, enfrentando velhos e novos desafios, a FASE mantém seu compromisso com as lutas de contra-hegemonia da sociedade civil capixaba. Nada disso, no entanto, seria (ou será) possível sem a contribuição das pessoas, movimentos e organizações que estiveram direta ou indiretamente envolvidas com as causas que lutamos.

Enviando sua mensagem