O Rio de Janeiro não está em guerra!

Quanto mais falamos de guerra, menos encontramos soluções que se afastem da produção de assassinatos que banalizam a vida nas cidades

Um ano de golpe no Brasil: mercantilização da natureza e mais ataques contra os povos e seus territórios

Para os grupos que acreditam na justiça ambiental, trabalham em defesa dos bens comuns e querem um meio ambiente realmente saudável, muitos desafios vêm pela frente

A year after the coup in Brazil: commodification of nature and more attacks on peoples and their territories

Many challenges still await those who believe in environmental justice, defend the commons and work for a flourishing environment

Um ano de golpe no Brasil: o perigo de voltarmos para o mapa mundial da fome

O contexto de retrocessos no país causa cada vez mais violações ao Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável

A year after the coup: Brazil back on the world hunger map?

Regressive policies intensify violations of the human right to adequate and healthy food

Um ano de golpe no Brasil: violência do Estado e do mercado nas cidades

Em mais um conteúdo da série da FASE sobre o golpe, entram em debate os efeitos do ataque à democracia e aos direitos sociais nos territórios urbanos

A year after the coup in Brazil: Urban violence by the state and the market

FASE’s second editorial on the coup discusses the impacts of attacks on democracy and social rights in urban territories

Um ano de golpe no Brasil: reflexões sobre os ataques à democracia e aos direitos sociais

Vivemos uma crise complexa e brutal no país. Para refletir sobre isso, a FASE preparou uma série de análises com diferentes aspectos do golpe

A year after the coup in Brazil: Reflections on attacks against democracy and social rights

Brazil faces a complex and brutal crisis. To reflect on it, FASE has prepared a series of analyses on different facets of the coup

Que as lutas populares consigam mudar os rumos do país

Somos favoráveis que as manifestações populares demonstrem a vontade dos povos em definir os rumos do país. Estamos atentos aos riscos de que toda a energia que está nas ruas
se resuma ou seja convertida a um debate eleitoral. Nesse sentido, a FASE integra a Frente Ampla Nacional pelas Diretas Já

People’s struggles can give the country a new course

The people’s demonstrations we support express their will to set the country’s course. We are aware of the risk that all the energy in the streets may get boiled down and funneled into an electoral debate. That is why FASE is part of Brazil’s Broad Front for Direct Elections Now

Ataque aos direitos é o que une as facções golpistas

O recente massacre de trabalhadores rurais em Pau d’Arco (PA) mostra o quanto o retrocesso político que se abateu sobre o país deu o sinal verde para as forças da repressão investirem de maneira desenfreada contra os segmentos vulnerabilizados da população brasileira

Pro-coup factions united in attack on rights

The recent massacre of farmworkers in Pau d’Arco (State of Pará) shows how political regression in Brazil has been a green light for law enforcement to freely attack vulnerable segments of Brazilian society

8 de março: a resistência das mulheres em seus territórios

As diversas expressões do machismo na sociedade têm caráter estruturante no Brasil e em todo o mundo. Diante de retrocessos, não podemos recuar nas lutas feministas

March 8: Women Resisting in their Territories

Many social forms of chauvinism have made Brazil and the world what it is. Setbacks cannot allow us to retreat in feminist struggles

Escalating repression and managing disorder

The break with democracy when Michel Temer’s illegitimate government took office has intensified a perverse combination of absence of social welfare policies with policies that simply produce more exclusion

Entre a escalada repressiva e a gestão do caos

A ruptura democrática ocorrida com a posse do governo ilegítimo de Michel Temer tende a aprofundar a perversa combinação da ausência do Estado provedor com a presença do Estado que gera mais exclusão

Brazil’s political crisis reaches new heights

Following the breakdown of the country’s democratic constitutional order, new challenges face civil society organizations and social movements committed to defending the rights of Brazil’s population. Arenas of resistance must be occupied against new setbacks and archaic policies

Crise política atinge novo patamar

Consumada a ruptura da ordem constitucional democrática, colocam-se novos desafios para as organizações da sociedade civil e movimentos sociais comprometidos com a defesa dos direitos da população brasileira. É preciso seguir nos espaços de resistência contra mais retrocessos e essa política arcaica

Lutar sem temer e pôr abaixo a tal ‘ponte para o futuro’

Alertamos sobre a importância da solidariedade internacional diante dos descaminhos da jovem democracia brasileira. O plano de governo do presidente interino se chama “Uma Ponte para o Futuro”, porém suas medidas apontam para o passado