Carta aberta para deter e refletir de forma urgente o ProSavana

Resultante de uma parceria entre três governos (Moçambique, Brasil e Japão), o Programa ProSavana tem o objetivo de supostamente promover a agricultura nas savanas tropicais do Corredor de Nacala, no Norte de Moçambique, e surgiu da necessidade de combate à pobreza e da promoção do desenvolvimento econômico, social e cultural de Maputo. O programa é criticado por não discutir publicamente e ser aprovado no Estudo de Avaliação de Impacto Ambiental, uma das principais e imprescindíveis exigências da legislação moçambicana para a execução de projetos desta dimensão. O não cumprimento da lei e a total ausência de um debate público profundo, amplo, transparente e democrático impedem camponeses e camponesas, famílias e a população de exercerem o direito constitucional de acesso à informação, participação e consentimento sobre um assunto de grande relevância social, econômica e ambiental.

Mais de 340 organizações apelam à UE para suspender imediatamente negociações comerciais com o Brasil

Carta é dirigida aos presidentes das instituições da União Europeia (EU) antes da reunião ministerial a ser realizada na Bélgica, na qual os ministros dos Negócios Estrangeiros da UE e do Mercosul pretendem finalizar as negociações

Complexo de Suape é denunciado na ONU

Rosimere Nery Peixoto, do programa da FASE em Pernambuco, denuncia em Genebra os impactos e as violações causados pelo Complexo Industrial e Portuário de Suape

IIIª Conferência dos Povos acontece este mês em Maputo

O evento acontece nos dia 24 e 25 de outubro e tem como objetivo refletir sobre os modelos de desenvolvimento em Moçambique, com ênfase para o Programa Prosavana, através de um debate profundo e democrático

Nova rota da soja se expande para o Tapajós, alerta estudo

A partir do caso do Tapajós, o estudo debate como estes investimentos provocam conflitos territoriais com os povos tradicionais da região

Tribunal dos Povos se compromete em fortalecer a luta contra a impunidade corporativa

Decisão foi tomada em Tribunal Permanente dos Povos sobre Corporações Transnacionais da África Austral, que reuniu cerca de 200 participantes

 Caso ProSavana será julgado em Tribunal dos Povos

Tribunal Permanente dos Povos da África Austral sobre Transnacionais se reúne para julgar violações dos direitos dos povos da região 

Novas estratégias para a OMC são discutidas em seminário

Seminário contou a presença de diversas organizações sindicais e da sociedade civil brasileira

Intercâmbio viabiliza troca de saberes e sabores em comunidade quéchua no Peru

Ouça reportagem em áudio que relata a riqueza de saberes de uma comunidade quéchua localizada no estado de San Martin, no Peru. Uma atividade de intercâmbio possibilitou a troca entre indígenas e organizações e movimentos sociais brasileiros e peruanos

Mapeamento: Articulando Resistências no Sul Global

Experiências de Movimentos Camponeses, Sindicatos Rurais e Organizações Não-Governamentais foram registradas em publicação elaborada pelo Observatório Brasil e o Sul. A FASE, assim como outras organizações, participaram da construção do estudo

Publicação alerta para os riscos das atividades de fracking na América Latina

Informe recomenda que as atividades sejam proibidas e alerta para os riscos à saúde, de contaminação de águas superficiais e subterrâneas de consumo humano e do aumento da emissão gases de efeito estufa

Ato no Conselho da ONU de Direitos Hunamos denuncia golpe no Brasil

Representantes de organizações e movimentos sociais de cinco continentes se retiraram quando a representante brasileira começou a falarem reunião da ONU, demonstrando o não reconhecimento ao governo ilegítimo de Michel Temer

Concurso sul-americano coloca em debate a relação entre a agricultura e as mudanças climáticas

O edital é voltado para pessoas de 22 a 35 anos. Elas poderão enviar seus trabalhos, entre artigos, ensaios e fotografias, até o dia 31 de agosto

Instituições mobilizam campanha global contra a petroleira Chevron

A petroleira se recusa a pagar sentença para reparação de atingidos na Amazônia equatoriana. Eles recebem a solidariedade de movimentos sociais e organizações de diversos países. No Brasil, a FASE tem acompanhado a questão

Instituições brasileiras pressionam por justiça para a ativista hondurenha Berta Cáceres

Cerca de 50 organizações da sociedade civil brasileira protocolaram carta na Embaixada de Honduras em Brasília. O documento, que faz um panorama das violações contra defensores e defensoras de direitos humanos naquele país, também foi enviado ao governo brasileiro

Primeira sentença contra a Chevron no Equador completa 5 anos e nada da petroleira pagar

A sentença de US$ 9,5 bilhões foi ratificada em todas as instâncias judiciais do Equador, inclusive na Corte Suprema do país em 2012

O que significa o acordo do clima assinado na COP 21?

Letícia Tura, diretora da FASE, participou da COP21. Em entrevista, ela analisa os desdobramentos do evento e o acordo climático assinado em Paris. Para a FASE, o documento não é satisfatório

COP21: Financiamento e construção de capacidades

Marcela Vecchione, do Grupo Carta de Belém e Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA – Universidade Federal do Pará), explica que a referência no preâmbulo do Acordo de Paris à Agenda de Ação de Addis Adaba, expõe a intenção da canalização de recursos para redução da pobreza e das desigualdades em conexão à agenda do clima. “Esta agenda é central não só para a redução da pobreza, mas para o fortalecimento (enhancement) do reconhecimento de resultados de boa gestão ambiental e de promoção da governança de riscos e impactos de maneira geral”

Atingidos pela Chevron no Equador cobram reparação de danos ambientais, sociais e culturais na Justiça brasileira

Petroleira se recusa a pagar indenização de US$9,5 bilhões aos prejudicados por suas atividades da Amazônia. Como a empresa não tem mais bens no Equador, atingidos recorrem à Justiça de outros países onde a Chevron possui empreendimentos, dentre eles o Brasil

Juventude sul-americana mostra a cara em Cabo Frio

Conheça questões que estiveram colocadas no encontro internacional do projeto Derechos Direitos, no último fim de semana em Cabo Frio