FASE PE mobliza mulheres periféricas por Justiça Socioambiental no Recife

O curso integra as atividades do projeto “Fortalecendo Mulheres e Suas Práticas de Direito à Cidade com Justiça Socioambiental”

Práticas que se reproduzem e como o Recife é uma metáfora das cidades do Brasil

Não é de hoje que soluções inclusivas e sustentáveis que garantam a permanência da população pobre nessas áreas não são priorizadas

Violência doméstica contra as mulheres: por que vem se agravando?

Artigo escrito por Rosimere Nery, pedagoga e educadora da Fase Pernambuco, para o portal Caranguejo Antenado

Carta Pública pela garantia de direito das mulheres costureiras de Pernambuco

Nós mulheres faccionistas Do Polo de Confecções somos muitas e diversas: jovens, maduras, casadas, solteiras. E a maioria de nós é negra, com filhos e filhas. Muitas viemos da agricultura e trabalhamos desde a infância. Hoje, somos trabalhadoras do Polo de Confecções localizado em várias cidades da região agreste do estado de Pernambuco, como: Caruaru, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, Agrestina, Brejo de Madre de Deus, Cupira, Riacho das Almas, Surubim, Taquaratinga do Norte e Vertentes, além de Paulista, na Região Metropolitana de Recife.

Neste importante ano de eleições, 2022, lançamos essa pergunta as/aos candidatas agovernador/a, senadores/as e deputados/as estadual e federal: se a costureira parar de trabalhar o que acontece com o Polo? Garantimos que a produção do Polo também vai parar!

A costura é a base de sustentação de confecções de todas as cidades citadas. E como o nosso trabalho, contribuímos de maneira fundamental para a economisa da região agreste. Consequentemente, para todo o estado de Pernambuco. Mas, a importância do nosso trabalho não é reconhecida, muito menos valorizada.

Energia eólica: a omissão e a conivência dos órgãos ambientais

Heitor Scalambrini Costa* Nosso país possui um enorme potencial em energias renováveis, em particular a energia dos ventos (energia eólica) na região Nordeste, com a…

Dia da Costureira

#DiadaCostureira – O Projeto Costurando Moda com Direitos é uma iniciativa do Fundo SAAP e os programas da FASE Pernambuco e no Rio de Janeiro,…

“Só a solidariedade nos salvará”

Em artigo, Rud Rafael, educador do programa da FASE em Pernambuco e coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), diz que só as ações de solidariedade – na forma de cuidado, direitos e políticas públicas – serão eficazes no combate à pandemia

“Direitos em Construção Permanente”

O filme contou com apoio do programa da FASE em Pernambuco

Trilhas da Democracia: Debate sobre a Reforma da Previdência

Nesse programa Trilhas da Democracia, que foi ao ar na TV Pernambuco no dia 8 de abril, o historiador e professor Marco Mondaini mediou um debate sobre a Reforma da Previdência, com os seguintes convidados: Cláudio Ferreira, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/PE, e Cícera Nunes, presidenta da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Fetape)

Trilhas da Democracia – Entrevista com Tânia Bacelar

No Trilhas da Democracia, que foi ao ar na TVPE, em 01 de abril de 2019, o historiador e professor Marco Mondaini entrevistou a economista e socióloga Tânia Bacelar sobre os Impactos do Neoliberalismo na sociedade brasileira.

Trilhas da Democracia – Entrevista com Emir Sader

No Trilhas da Democracia, que foi ao ar na TVPE, em 25 de março de 2019, o historiador e professor Marco Mondaini entrevistou o sociólogo e cientista político Emir Sader sobre a conjuntura política nacional e internacional.

Trilhas da Democracia: governo Bolsonaro em debate

As expectativas em relação ao governo de Jair Bolsonaro com o foco nos impactos sociais e ambientais do desenvolvimento é o tema deste Trilhas da Democracia. O historiador e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Marco Mondaini recebe para o debate a doutora em Geografia e professora do Departamento de Ciências Geográficas da UFPE, Ana Cristina Fernandes, e o doutor em Desenvolvimento Urbano e diretor executivo da FASE, Evanildo Barbosa.

Primeira Pessoa: Rud Rafael

O educador do programa da FASE em Pernambuco Rudrigo Rafael, mais conhecido como Rud, contou um pouco da sua trajetória de luta por direitos ao programa Diário de Pernambuco.

Mulheres Guerreiras da Palha do Arroz

Desde 2016, 20 mulheres estão diretamente envolvidas na realização de ações de agricultura urbana na comunidade de Palha do Arroz, no Recife (PE). No vídeo” Mulheres Guerreiras da Palha do Arroz”, elas mesmas contam como começou a ação na comunidade, uma realização do Centro Sabiá, com apoio da CESE e parceria com o programa da FASE em Pernambuco e a Marcha Mundial das Mulheres (MMM).

Juventude Pelo Direito de Viver

A campanha “Jovens pelo direito de Viver”, articulada pelo Fórum das Juventudes de Pernambuco (FOJUPE), ressalta a importância de articular os jovens em torno de seus direitos, consagrados no Estatuto da Juventude, aprovado em 2013. A FASE é uma das apoiadoras do FOJUPE.

Suape: promessas não cumpridas

Artigo de Heitor Scalambrini Costa, do Fórum Suape, sobre o empreendimento em Pernambuco

FASE PE reforça direitos das costureiras do Pólo de Confecções

A Carta Pública pela Garantia de Direito das Mulheres Costureiras de Pernambuco, publicada no site da FASE ressalta a importância do trabalho e sinaliza para o reconhecimento público e político de toda a classe de costureiras

Saiu na Mídia: Temendo despejos, comunidades vulneráveis do Recife cobram transparência do ProMorar

Aplicação de questionário em localidades beneficiadas pelo programa mostrou que a desinformação e o medo ainda rondam os moradores

ALEPE homenageia FASE pelo Dia Internacional dos Direitos Humanos

Em 2023, segundo o Relatório de Acompanhamento e Avaliação da FASE PE, em torno de 3.540 mulheres foram beneficiárias diretas das ações da unidade

FASE PE defende comunidades do ProMorar como áreas de interesse social

Em Audiência Pública, a regional propôs ao Gabinete do Programa de Requalificação e Resiliência Urbana em Áreas de Vulnerabilidade Socioambiental que os 40 territórios abrangidos sejam Zona Especiais de Interesse Social (ZEIS); coordenadora geral responde positivamente