Vídeos


06/02/2019Pernambuco Trilhas da Democracia: governo Bolsonaro em debate As expectativas em relação ao governo de Jair Bolsonaro com o foco nos impactos sociais e ambientais do desenvolvimento é o tema deste Trilhas da Democracia. O historiador e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Marco Mondaini recebe para o debate a doutora em Geografia e professora do Departamento de Ciências Geográficas da UFPE, Ana Cristina Fernandes, e o doutor em Desenvolvimento Urbano e diretor executivo da FASE, Evanildo Barbosa.
29/11/2018Fundo Dema Documentário em defesa do igarapé urbano Urumari Este documentário é realizado pela Federação das Associações de Moradores e Organizações Comunitárias de Santarém (FAMCOS), com o apoio do Fundo Dema, do qual a FASE é parte, e do Fundo Amazônia. Narra o processo de recuperação do igarapé urbano Urumari, um manancial localizado em Santarém (PA). O filme aborda aspectos como a qualidade da água, fauna, flora, questões econômicas e sociais. Abandonado pelo poder público, a luta em defesa do igarapé vem sendo fortalecida pelo Comitê Urumari Vivo.
18/09/2018Justiça Ambiental Encontro Grupo Carta de Belém – Cuiabá (MT) Evento do Grupo Carta de Belém, do qual a FASE faz parte, reuniu organizações e movimentos de várias partes do Brasil em Cuiabá (MT), entre os dias 16 e 17 de agosto. Na pauta, as controversas políticas de redução e compensação de emissões de carbono, financeirização da natureza, o Código Florestal, o CAR (Cadastro Ambiental Rural), dentre outros assuntos. A escolha do Mato Grosso para sediar o evento não foi mero acaso: o estado é, junto ao Acre, um dos primeiros a implementar este tipo de política. Um dos objetivos foi alertar organizações locais, debater o funcionamento específico das leis no estado e fortalecer a união dos povos em defesa dos bens comuns.
27/04/2018Justiça Ambiental Águas do Brasil em debate O Brasil tem uma posição privilegiada no mundo devido à fartura de água do país como um todo. Ele conta com 12% dos recursos hídricos do planeta. Recentemente, o país foi palco do 8º Fórum Mundial da Água (FMA), denunciado por organizações e movimentos sociais como o "Fórum das Corporações", e do Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA). Nesse contexto, o programa Unidiversidade, do Canal Saúde (FioCruz), discutiu a gestão das águas no Brasil. Aercio Barbosa de Oliveira, coordenador do programa da FASE no Rio de Janeiro, foi um dos convidados.
20/09/2017Amazonia Os Povos do Tapajós na Rota da Soja Uma nova rota da soja se expande para a Amazônia, provocando degradação ambiental e violações de direitos a seus povos. É o alerta feito no vídeo "Os Povos do Tapajós na Rota da Soja", elaborado pela FASE e pela ActionAid Brasil, com produção do Criar Brasil. A partir do rio Tapajós, o filme debate como investimentos em megaprojetos de infraestrutura logística levam conflitos à região. Depoimentos de pescadores, quilombolas, indígenas, representantes de organizações e movimentos sociais demonstram como a globalização se materializa territorialmente. O conteúdo do curta se soma ao livro "A Geopolítica de Infraestrutura da China na América do Sul", de Diana Aguiar, do Grupo Nacional de Assessoria (GNA) da FASE. Apoio: Charles Stewart - Mott Fondation.
12/09/2017Espírito Santo Vídeo “Nem Um Poço a Mais” No vídeo “Campanha Nem Um Poço A Mais”, pescadores e pescadoras, marisqueiros e marisqueiras, comunidades quilombolas, indígenas e urbanas do Espírito Santo relatam as violações de direitos e a contaminação de seus territórios cometidas por indústrias de petróleo e gás. Eles e elas ainda alertam para a degradação da terra e da subsistência. Essa é uma produção do programa da FASE no Espírito Santo e contou com apoio da União Europeia e da Fundação Rosa Luxemburgo.
14/07/2017Amazonia “SOJA: da promessa à destruição” “SOJA: da promessa à destruição” é uma produção do programa da FASE na Amazônia e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Mojuí dos Campos, que fica na região metropolitana de Santarém, mesorregião do Baixo Amazonas, no Oeste do Pará. Desmatamento, expulsão de trabalhadores rurais para cidade, poluição ambiental, encolhimento da agricultura familiar, risco à soberania e segurança alimentar e nutricional e perigo à saúde humana pela contaminação por agrotóxico são algumas das consequências mostradas. A agricultura familiar é a base da economia em Mojuí dos Campos, mas vem perdendo espaço para a soja, o latifúndio e o agrotóxico.


Enviando sua mensagem