Evento encerra a edição 2006 da Campanha

Mais de 100 pessoas representando entidades e grupos de cidadania de 31 municípios de todas as regiões da Bahia estiveram reunidos em Irecê

AfroReggae lança o Centro Lorenzo Zanetti

erá inaugurado no próximo dia 26 o Centro de Inteligência Coletiva Lorenzo Zanetti, no Rio de Janeiro

Audiência dá início a campanha contra mercúrio

Uma audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) dá início a mais uma investida da sociedade

Existem alternativas à monocultura do eucalipto?

Entidades do Fórum de Luta por Terra, Trabalho e Cidadania lançam boletim de esclarecimento, alerta e mobilização contra o avanço da monocultura do eucalipto no Sul da Bahia

Desesperada, Aracruz parte para difamação racista

Prestes a ser obrigada a sair da extensa faixa de terra do Espírito Santo que tomou de indígenas na década de 1960, a Aracruz Celulose baixou o nível da disputa com os Tupinikim e Guarani

Índios entregam representação contra Aracruz

A Comissão de Caciques Tupinikim e Guarani entregou ao MPF, em Vitória/ES, uma representação contra a empresa Aracruz Celulose, solicitando que o representante do MPF, Dr. André Pimentel, proponha Ação Civil Pública com o propósito de reparação de danos morais e uso indevido da imagem do Tupinikim no site da empresa. Solicitam também Ação Penal pelo crime de preconceito e escárnio de costumes e cultura indígena

Agricultores garantem biodiversidade na Amazônia

Em meio a tantos assuntos de interesse público que disputam a atenção da sociedade, questões fundamentais podem passar em branco. É o caso da biodiversidade, patrimônio natural do Brasil que continua em risco em certas regiões devido a certas práticas do chamado “desenvolvimento”

Rebrip analisa o momento da OMC

Que a Rodada de Doha das negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC) fracassou redondamente, é um fato. Os próprios negociadores dos principais países envolvidos admitiram o insucesso, quando decretaram a suspensão da rodada por termo indeterminado

Entidades preparam intercâmbio em agroecologia

A Comissão Animadora da Articulação em Agroecologia do Sul da Bahia reuniu-se em Itabuna

ATTR promove Semana da Terra Eugênio Lyra

QUILOMBOS: Raça na Terra, Terra na Raça – Identidade, territorialidade, resistência e conflitos

Ações Globais contra as IFIs

Ações globais contra as Instituições Financeiras Internacionais de 14 a 20 de setembro de 2006

Índios repudiam postura da Aracruz

Caciques e lideranças indígenas Tupinikins e Guaranis se defenderam das ações da Aracruz Celulose de agredir a identidade das comunidades numa campanha difamatória

Contra a prática de racismo da Aracruz Celulose

A Rede Alerta contra o Deserto Verde está recolhendo assinaturas contra a campanha racista e de difamação da Aracruz Celulose contra os índios Tupinikim e Guarani

Aracruz apela para o racismo e colhe repúdio

Prestes a perder terras que que agora o Ministério da Justiça vai demarcar como lugar tradicional dos povos Tupinikim e Guarani, multinacional apelou para argumentos racistas

Grito dos Excluídos leva população à rua na Bahia

Mais uma vez o Fórum de Luta por Terra, Trabalho e Cidadania colocou na rua o Grito dos Excluídos na região cacaueira da Bahia

Baixada Fluminense: morte de jovem gera indignação

Ítalo Lopes dos Passos, com quem a FASE trabalhava em uma série de iniciativas culturais no município de Mesquita, foi morto por dois policiais à paisana

Aracruz tenta jogar opinião pública contra índios

A Aracruz Celulose está jogando pesado contra as comunidades indígenas do Espírito Santo como resposta à ação iniciada semana passada, de cortes de eucalipto na área em processo de demarcação como reserva indígena

Dia de Luta Contra a Monocultura do Eucalipto

O Fórum de Luta por Terra Trabalho e Cidadania está convocando uma reunião para o dia 21 de setembro – Dia Nacional de Luta contra a Monocultura do Eucalipto

Tupinikim e Guaranis continuam ações pela terra

Em mais uma de suas reações no mínimo desrespeitosas a Aracruz reage ao movimento dos Tupinikim e Guaranis do Espírito santo dizendo que “esses índios não são índios”

Índios Tupinikim e Guarani pedem demarcação já!

200 índios Tupinikim e Guarani iniciaram uma derrubada de eucaliptos, próximo ao viveiro de mudas da Aracruz Celulose, na área que lhes pertence tradicionalmente, invadida e explorada pela empresa Aracruz desde os anos 60