“Agroecologia é alternativa hoje e para o futuro”

Em entrevista à Articulação Semiárido Brasileiro, Maria Emília Pacheco, assessora nacional da FASE e integrante do núcleo-executivo da Articulação Nacional de Agroecologia, comentou o desmonte das políticas públicas no Brasil, principalmente no que diz respeito à educação. Além disso, fez reflexões sobre o mês do meio ambiente, relacionando saúde e sustentabilidade em meio à pandemia e outros assuntos.

FASE Amazônia se une a lideranças jovens para II Romaria do Bem Viver

Encontro reuniu cerca de 30 pessoas que participarão do evento, que tem como tema central a defeda das águas como um bem comum

Caderneta agroecológica: o saber e o fazer das mulheres do campo, das florestas e das águas

Nesta publicação, Maria Emilia Pacheco, assessora da FASE, contribuiu com o artigo “Mulheres construindo a Agroecologia: caminhos para a soberania e segurança alimentar e nutricional”, junto com a nutricionista Vanessa Schottz, integrante do Conselho da FASE, e a consultora Rodica Weitzman. O livro versa sobre mulheres rurais que estão escrevendo uma outra história de suas vidas, a partir do que poderia ser visto como um singelo instrumento – as Cadernetas Agroecológicas – onde anotam a sua produção e o destino que é dado a ela, seja na forma de trocas com vizinhas, parentes e amigas, doações a pessoas em situação de vulnerabilidade, seja pelo uso na alimentação da própria casa, ou mesmo através da venda em diferentes mercados.

Amazônia Agroecológica / Nota técnica IV – Agrofloresta para o bem viver

Esta nota técnica visa criar um espaço de troca de saberes e construção de conhecimentos sobre a importância dos Sistemas Agroflorestais como alternativa de produção para a manutenção da floresta em pé, o uso sustentável do solo e a segurança alimentar de comunidades e povos tradicionais na Amazônia. Esta é a quarta, de uma série de seis notas técnicas lançadas no âmbito do projeto Amazônia Agroecológica, que conta com o apoio do Fundo Amazônia.

Amazônia Agroecológica / Nota Técnica II – Galinha caipira e a valorização da biodiversidade

A Nota Técnica “Galinha caipira e a valorização da biodiversidade” é a terceira de uma série de seis notas técnicas do projeto Amazônia Agroecológica, que tem o apoio do Fundo Amazônia. O objetivo é estimular a troca de conhecimentos entre grupos assessorados pela FASE, reunindo informações técnicas sobre a criação de galinhas caipiras no Pará e como elas são importantes para a segurança alimentar e nutricional das comunidades, gerando trabalho e renda com base nos pilares da agroecologia.

Amazônia Agroecológica / Nota Técnica III – Apicultura: polinizando a vida na agricultura familiar

A Nota Técnica “Apicultura: polinizando a vida na agricultura familiar” é a segunda de uma série de seis notas técnicas do projeto Amazônia Agroecológica, que tem o apoio do Fundo Amazônia. O objetivo é estimular a troca de conhecimentos entre grupos assessorados pela FASE que trabalham com a criação de abelhas e demonstrar como é possível a autonomia popular nos sistemas produtivos.

CARTA DA FRENTE DE ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL BRASILEIRA CONTRA O ACORDO MERCOSUL-UE / Versión en español

Las siguientes organizaciones de la sociedad civil brasileña expresan su oposición a la firma del acuerdo de libre comercio entre el Mercosur y la Unión Europea. Pedimos al Parlamento brasileño que promueva un amplio debate con la sociedad sobre los impactos que el acuerdo puede generar en los pueblos, trabajadores y territorios del país.

Amazônia Agroecológica / Nota Técnica I – Sementes Tradicionais

Com o objetivo de auxiliar agricultores e agricultoras familiares na adoção de práticas agroecológicas, a FASE lançou a Nota Técnica “Sementes Tradicionais”. Esta é a primeira de uma série de seis notas técnicas que serão lançadas por meio do projeto Amazônia Agroecológica, que conta com o apoio do Fundo Amazônia. A ideia é sistematizar informações técnicas para conservação e multiplicação de sementes tradicionais.

Amazônia Agroecológica / Calendário 2021

O projeto Amazônia Agroecológica é uma ação articulada entre o Fundo Dema e os programas regionais da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE) nos estados do Mato Grosso e Pará.
Com duração de 36 meses, a ação conta com o apoio do Fundo Amazônia. Tem como objetivo dinamizar e fortalecer práticas agroecológicas para a promoção da conservação e uso sustentável da biodiversidade, a recuperação de áreas degradadas, a garantia da segurança alimentar e nutricional e dos direitos territoriais. Isso por meio do apoio a projetos comunitários e ações a serem desenvolvidas pela FASE nos territórios.

CARTA DA FRENTE DE ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL BRASILEIRA CONTRA O ACORDO MERCOSUL-UE

As organizações da sociedade civil brasileira abaixo subscritas manifestam a sua oposição à assinatura do acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia. Convocamos o Parlamento brasileiro a promover amplo debate com a sociedade sobre os impactos que o acordo poderá trazer aos povos, aos trabalhadores e trabalhadoras e aos territórios do país.

FASE Mato Grosso leva biodigestores para gerar energia em assentamentos

Em tempos de transição energética, a FASE joga luz sobre os biodigestores. Tecnologia que produz gás de cozinha, biofertilizante e esterco curtido, os biodigestores convertem em gás o lixo orgânico, sobretudo estrume de diversos animais.

Agroecologia nas eleições

Em documento, a Articulação Nacional de Agroecologia, da qual a FASE é parte, reuniu propostas de políticas de apoio à agricultura familiar e à agroecologia e de promoção da soberania e segurança alimentar e nutricional, visando promover o debate público durante o processo eleitoral e subsidiar a ação dos poderes executivo e legislativo do município. O texto foi elaborado por organizações, coletivos e movimentos sociais e destina-se a candidatas/os nas eleições municipais de 2020. Entre as propostas estão: adesão do município ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA); criação de restaurantes populares; criação de uma política municipal de apoio a feiras da agricultura familiar ; desenvolvimento de ações para inclusão dos empreendimentos familiares; implantação de assentamentos municipais de famílias agricultoras sem terra; efetivação de política municipal de apoio aos povos tradicionais de matriz africana e povos de terreiro e; criação de lei municipal de restrição do uso de transgênicos nos programas
públicos de abastecimento alimentar, entre outros.

Diálogos Amazônicos: críticas aos falsos modelos de desenvolvimento

Segundo dia pauta modelos de transição energética, fundos comunitários e mudanças climáticas

Amazônia Agroecológica / Calendário 2020

O projeto Amazônia Agroecológica é uma ação articulada entre o Fundo Dema e os programas regionais da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE) nos estados do Mato Grosso e Pará.
Com duração de 36 meses, a ação conta com o apoio do Fundo Amazônia. Tem como objetivo dinamizar e fortalecer práticas agroecológicas para a promoção da conservação e uso sustentável da biodiversidade, a recuperação de áreas degradadas, a garantia da segurança alimentar e nutricional e dos direitos territoriais. Isso por meio do apoio a projetos comunitários e ações a serem desenvolvidas pela FASE nos territórios.

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é aprovado na Câmara dos Deputados mas ainda faltam recursos

O texto ampliou os incentivos para que povos indígenas, comunidades tradicionais e mulheres participem do programa e inclui programa Cozinhas Solidárias

FASE avalia Plano Safra de Lula para Agricultura Familiar

Maior volume de recursos da série histórica; estímulos à produção sustentável de alimentos saudáveis; incentivos à compra de máquinas agrícolas; ampliação do microcrédito produtivo para agricultores familiares do Norte e Nordeste; mais crédito às mulheres rurais e acesso à terra estão entre os destaques do anúncio

Trabalho da FASE na Bahia frutifica com guardiãs e guardiões de sementes

Diretora executiva visitou comunidades Areia Fina e Riacho do Caboclo para ver resultados do projeto ATER Agroecologia