Carta Denúncia – De onde brotam os espinhos

Os Povos e Comunidades Tradicionais e Agricultores Familiares do Brasil, em nome próprio, representados por suas entidades e entidades parceiras, manifestam seu repúdio ao Projeto de Lei (PL) que tramita na Câmara Federal sob o nº 7.735/2014, encaminhado em regime de urgência pelo Poder Executivo, com pressão de diversos ministérios. O PL trata de novas regras para acesso ao patrimônio genético de plantas e animais, e aos conhecimentos tradicionais. Esta carta, assinada por mais de 50 organizações, movimentos sociais e pessoas físicas, denuncia que os guardiões da biodiversidade e detentores dos conhecimentos tradicionais a ela associados foram solenemente ignorados nesse processo. As entidades da sociedade civil evidenciam sua preocupação, ressaltando que, historicamente, o país é território de inúmeras formas de expropriação territorial e exploração econômica.

Seminário em Santarém debate economia verde

O encontro teve como objetivo ampliar as discussões sobre economia verde na região e fortalecer as lutas em defesa dos bens comuns e territórios

Ex-ministros de Meio Ambiente divulgam comunicado sobre a atual política da área

Para o grupo, é urgente que o Brasil reafirme a sua responsabilidade quanto à proteção ambiental

Sede da Vale no Rio de Janeiro amanhece com memorial pelas vítimas de Brumadinho (MG)

Instalação foi feita pela Articulação de Atingidos e Atingidas pela Vale, que também participa da Assembleia de Acionistas da mineradora para expor as práticas de violações e má gestão da empresa

Debate público e seminário marcam os 10 anos do Grupo Carta de Belém

Diversos representantes de movimentos sociais, organizações e territórios estiveram em Brasília (DF) debatendo as políticas do clima, a financeirização da natureza, bem como os impactos gerados nas comunidades

Compromissos da FASE contra a mercantilização do clima e pela justiça climática

As mudanças climáticas e a mercantilização do clima estão afetando diretamente os grupos sociais com quem a FASE atua no enfrentamento e na proposição de alternativas ao insustentável e desigual modelo de produção, distribuição e consumo. Leia sobre a posição da instituição a respeito do tema.

CPT lança produções sobre o Cerrado em São Luís (MA)

Revista Cerrados e documentário foram lançados no Maranhão e serão apresentadas ao público em eventos promovidos pela Comissão Patoral da Terra pelo país

Grupo Carta de Belém: mudanças climáticas em debate

Em posicionamento levado à Conferência Mundial sobre o Clima (COP 24), Grupo Carta de Belém pontua suas principais preocupações em relação à financeirização da natureza

Juventudes: força política e consciente no Cerrado brasileiro

1º Encontro Nacional das Juventudes do Cerrado dá início a uma articulação das e dos jovens que vivem no Bioma; objetivo é criar uma grande rede de formação e proteção do Cerrado, seus povos originários e tradicionais e comunidades camponesas

Organizações e redes denunciam na COP 14 “ameaças explícitas à biodiversidade” no Brasil

Sociedade civil presente na Conferência das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica fez denúncias aos países participantes

Demanda mundial por papel higiênico amplia desmatamento no Cerrado brasileiro

Produtores de eucalipto mudaram-se da Mata Atlântica para o Cerrado, aumentando a grilagem de terras e incentivando o desmatamento. A madeira produzida é comprada pela Suzano, que fabrica celulose e vende para grandes marcas internacionais

Justiça ambiental como contraponto aos danos das megaempresas

Em entrevista ao site da Confederação Sindical de Trabalhadores das Américas, Letícia Tura, diretora da FASE, fala sobre clima e energia e os posicionamentos do Grupo Carta de Belém

Evento no Museu do Amanhã reforça a importância do Cerrado para o Brasil

O público teve a oportunidade de conhecer diferentes povos e comunidades tradicionais, além de ouvir sobre as principais ameaças que o bioma e seus povos sofrem

Grupo Carta de Belém discute no Mato Grosso a financeirização da natureza

Encontro do Grupo Carta de Belém reuniu organizações e movimentos de várias partes do Brasil em Cuiabá (MT). Na pauta, as políticas de redução e compensação de emissão de carbono, o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o Código Florestal, entre outros temas

Audiência pública no PAE Lago Grande promove diálogo sobre questões fundiárias e a exploração mineral

Com 140 comunidades e mais de 5 mil famílias, o território vive uma situação considerada complexa. Durante a audiência, a população fez denúncias sobre problemas que envolvem a titulação de terras e ameaças levadas pela mineração ao território

Especial Matopiba: O capital acima da vida

Reportagem radiofônica produzida pelo Brasil de Fato, revela o impacto do programa do agronegócio nos modos de viver das comunidades tradicionais do sul do Piauí

O que há por trás da cadeia industrial da carne?

Evento realizado no Rio de Janeiro reuniu especialistas no tema. Para além do poderio econômico e de esquemas ilegais, os palestrantes apontaram que a cadeia industrial da carne causa graves impactos sociais e ambientais

Nova lei sobre licenciamento ambiental no país pode ser votada sem debate

Organizações da sociedade civil se opõem à proposta de nova lei de licenciamento ambiental. Ao contrário do que disse Rodrigo Maia, presidente da Câmara, afirmam que não há acordo entre ruralistas e ambientalistas acerca do tema

Denúncia de racismo ambiental no cadastramento de comunidades quilombolas

Grupo Carta de Belém denuncia o racismo ambiental sofrido por comunidades quilombolas no contexto do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Diante da violação de direitos, a articulação divulga cartilha com perguntas e respostas pertinentes sobre a implementação do CAR

Omissão de informações e violação de direitos humanos: O que a Vale esconde?

A Articulação Internacional de Atingidas e Atingidos pela Vale participou de assembleia da companhia. Principais empreendimentos da mineradora estão sob riscos por causa de processos judiciais